Personare Ads

5 de dezembro de 2016

Casa Cor Rio 2016



Buscar inspiração e estar sempre aprendendo é uma ordem por aqui. Muitas vezes isso é feito através de uma tela: seja pelas buscas no Google, seja pelos painéis do Pinterest, pelos feeds do Instagram. Mas também é muito bom ir para o mundo "real"e ver e aprender ao vivo e a cores.

Nas últimas semanas, visitei o Casa Cor e o Morar Mais, ambos no Rio de Janeiro; e também participei de uma capacitação de hidráulica voltada para mulheres, oferecida pela Tigre. 

No Casa Cor, como foi uma visita feita pela Lápiz, postamos muita coisa no stories do Instagram @lapiz.decor .  Infelizmente, as imagens só ficam lá por 24 horas, mas postamos algumas poucas fotos no insta da Lápiz, e eu também postei no @casadeamados

Então cá estou com alguns ambientes que mais me chamaram a atenção, tanto do Casa Cor,  e semana que vem trago as minhas impressões do Morar Mais, senão o post fica gigante. ;)
Ah, todos os subtítulos, escritos em caixa alta são cliváveis, e você será redirecionado para a página do respectivo profissional.


LIVING - POR PAOLA RIBEIRO

  Eu costumo gostar muito dos ambientes da Paola, por ter um toque de elegância, sempre acompanhada de aconchego. E ainda tive a honra de ter tido uma palestra com uma de suas designers de interiores, Ana Teresa Bello, no meu curso de design de interiores no IED. Você pode ver a casa dela aqui, e o site aqui.
Dessa sala eu gostei muito das misturas: tons claros e escuros. Sobreposição de tapetes. E também pela presença forte da madeira e das texturas, que me fazem me sentir abraçada.



COPA ÍNTIMA - POR CLÁUDIA SANTOS


 
 Que me perdoem a dona desse ambiente e os demais profissionais que defendem que esse ambiente é uma copa íntima, mas ele para mim serve de muita inspiração para uma cozinha. Afinal, nas casas da maioria de nós não há espaço para uma copa íntima, né não?

Me encantei com os detalhes em cobre - já contei por aqui que faz um tempinho que o cobre vem mexendo comigo?  E também, com a combinação de branco com madeira, que faz meu coração se derreter desde sempre. o que falar das plantinhas? E dos puxadores? Amor infinito!



Já a parte do sofazinho, pode muito bem servir de inspiração para salas de estar, e também para quem tem um cômodo reservado ao home office. O revestimento pode ser substituído por um papel de parede. 



SALA DA MALU - POR JOY GARRIDO




Essa sala eu achei linda! E muito a cara da Thamyrez! hehe. Para quem não sabe, ela comanda o blog Casa Design Studio, e trabalha comigo na Lápiz Decor. 
Repare que aqui há mistura de estampas, no entanto, todas elas conversam entre si, e o ambiente é bem leve. 

Ah, notaram que os pés das mesinhas redondas são de cobre? Vai vendo esse meu caso de amor com o cobre... =)


QUARTO DO CASAL -  POR ADRIANA VALLE E PATRICIA CARVALHO



Acho que o que mais me fez gostar desse ambiente foi o revestimento de meia parede que lembra taco. Acho que não colocaria na minha casa, porque o piso do apê já é de taco, mas achei tão amorzinho, tão aconchegante! Amo ambientes que abraçam, sabe?
Adorei também o banco aproveitando a janela. Observo que em geral, janelas grandes são pouco aproveitadas nesse sentido. Se você tem um janelão, porque não tirar proveito disso, e poder tomar um cafezinho enquanto olha a vista, não é mesmo?

QUARTO DA IMAGINAÇÃO - POR PAULA COSTA


Esse era um ambiente pequeno, e foge um pouco do que costumamos ver em quartos infantis. O que eu mais gostei foi: poucos armários! Sério, se você tem ambientes pequenos, trabalhe o desapego, o dê uma freada no consumismo. Ao invés de entupir a casa de armários e guardar as tralhas no quarto das crianças, tenha menos coisas. Fui uma criança que teve um quarto relativamente grande e nunca soube, porque não tinha espaço para brincar, e acabava indo fazer bagunça na sala. Até que na adolescência, pedi para meus pais tirarem 2 portas do armário e encostar a cama na parede. E caramba! Meu quarto não era tão pequeno... se tivesse aquelas duas portas a menos, eu teria tido espaço de sobra anos antes e não teria atrapalhado a passagem tantas vezes com os brinquedos que carregava para a sala.
Veja, nesse quarto sobrou até uma cabaninha! Eu costumava criar uma cabaninha com guarda chuvas! hehehe. E como você já deve ter percebido, eu fazia isso na sala. hehe.
Gostei muito da meia parede azul,  do painel lúdico, das estampas divertidas das almofadas, da luminária de casinha. Nada aqui é tão óbvio!



 
SALA DE ALMOÇO - POR MARISE MARINI


 
 Sendo sincera... eu nem sei o que falar desse ambiente! Não sei como lidar com os tijolinhos e esse móvel azul. Tudo maravilhoso! 
Tudo bem que sala de almoço não é um troço tão corriqueiro... mas tente imaginar esse ambiente adaptado para uma cozinha! Seja uma cozinha americana, seja uma de corretor. 
Agora que você já imaginou, preste atenção nos detalhes. Olhe os puxadores! A plantinha. As latinhas. O relógio em algarismos romanos. Os livrinhos. E aquele bolo ali, dá vontade de comer, não dá? Alguém mais sente que esse ambiente te convida para um café é te abraça?



MERCEARIA DA CASA - PAULA NEDER E LUIZA PEDRAL



Também não faltou uma mercearia no evento - que por acaso não era só cenográfica, os produtos estavam à venda e eram do Deli Delicia que tem unidades em Botafogo, na Barra e em Jacarepaguá. Sabe, gosto de acolhimento também em estabelecimentos comerciais e confesso que muitas vezes a estética do lugar pode me fazer não comprar ali - sobretudo se for comida. 




 Ambientes frios demais não me dão vontade de explorar o lugar com calma e escolher o produto que eu quero, e acabo indo embora. Se eu for procurar um café por exemplo, vou procurar o mais acolhedor, sempre. 
E gostei muito do que vi nesse ambiente - adorei o revestimento da parede e o teto florido com fundo cinza me encantou! Curti bastante também o sofazinho, as mesinhas e os puffs.  



E você, foi ao evento também? Desses ambientes que eu mostrei, qual foi o seu preferido? Porquê?

*O Casa Cor aconteceu no Rio de Janeiro, de 11 de outubro a 20 de novembro.

22 de novembro de 2016

Decorar é sobre se conhecer!




Quando eu decidi estudar design de interiores, no ano passado, tinha em mente uma coisa:  desmitificar o processo de decorar. A minha experiência com o apê me fez compreender que decorar não é e nunca foi um bicho de sete cabeças. Que a questão monetária não deveria ser um problema, porque como qualquer coisa na vida, cada um trabalha com o que tem. E a maior dificuldade talvez seja entender que decorar é, na verdade, o ato de amar a sua casa e encontrar soluções. E também entender quem você é, para que sua casa esteja alinhada com a sua essência.

Foi por isso, que ainda no ano passado, no meio daquele caos que estava a minha vida, eu e a Thamyrez, começamos a esboçar de que forma poderíamos levar essa ideia de forma mais concreta para o mundo. E assim, surgiu os primeiros esboços do que viria a ser a Lápiz Decor, que lançamos em setembro desse ano - bem no dia que fiz 30!

E agora, demos mais um passo na construção desse sonho: na semana passada lançamos o nosso primeiro e-book: Decorar é sobre se conhecer .

Quem me acompanha no instagram já me viu falando do nosso livro por lá, mas ainda não tinha conseguido vir aqui falar sobre ele.  O propósito é promover um encontro entre você e a sua casa. Nós acreditamos que quanto mais você se conhece, mais sentido a sua casa fará. Afinal, como ter uma casa funcional, se você nunca parou para analisar quais são os seus hábitos? Como ter uma casa que te abraça, se ela não reflete os seus gostos?

Imagem feita para Lápiz Decor
No decorrer do livro, além de explicarmos nossos conceitos, darmos exemplos, também propomos alguns exercícios para te ajudar nessa relação de amor com a sua casa. =)

Esse foi um trabalho que, para mim, representa a realização de um sonho. De levar meu conhecimento adiante, de forma mais elaborada. É até engraçado pensar que 4 anos atrás, quando voltei do Peru, prestes a me mudar, eu só pensava na realização do sonho de morar sozinha, sequer imaginava que esse sonho me traria até aqui. Essas surpresas boas da vida... 

Imagem feita para Lápiz Decor


Então, você, que sempre esteve aqui me acompanhando, aceita o meu convite? A nossa página de vendas está aqui, e você pode assistir o nosso vídeo, ver a amostra do livro, baixar o mapa dos sonhos (é grátis, gente!), e então, se se identificar, comprar o livro. 

Ah, e se você comprar o livro, e quiser mostrar a execução dos exercícios lá no instagram é só marcar com a #lápizdecor , que nós estaremos de olho, viu?

27 de outubro de 2016

A casa da Gabi: o que é uma casa romântica para você?



Eu jamais defendi conceitos prontos, imutáveis. E continuo não defendendo. No entanto, eu acredito que cada pessoa constrói o seu próprio conceito, o seu olhar.... e que eles podem mudar com o tempo. 
A Gabi, que dirige o canal do Casa de Amados desde 2014, e que está também por trás dos vídeos da Lápiz Decor, sempre quis ter uma casa romântica. E ao se mudar, não perdeu tempo, correu atrás da construção do sonho, que segundo ela, ainda não está pronto. Mas eu garanto que está ficando lindo! =)
Com esse vídeo, nós não queremos ditar o que é uma casa romântica. Isso aqui é antes de tudo, um debate sobre conceitos. A Gabi fala um pouco sobre a visão dela, seus gostos e como se deu a construção desse lar, de acordo com a visão que ela tem do romantismo.

Curioso? Vem por aqui, e aperte o play:





Agora vamos debater! =) Conta aí pra gente: o que é uma casa romântica para você? Como você classificaria o estilo da sua casa?

26 de outubro de 2016

4 dicas de decoração para quem tem móveis embutidos



Quem me acompanha há tempos sabe que o meu maior drama de quando fui morar sozinha foi me deparar com muito mobiliário embutido, que além de não ser a minha cara, não funcionava muito bem para os meus hábitos. 
Reduzi apenas o da sala, o resto eu deixei do jeito que estava, e contornei o com um artifício maravilhoso: a decoração. E posso dizer que consegui e o resultado me deixou muito feliz!
Como isso aconteceu em praticamente todos os cômodos da casa, posso dizer que ganhei certa experiência nisso. =P E dei 4 dicas para quem tem o mesmo problema num artigo que escrevi para o site Viva Decora, e você pode ver aqui.

Espero vocês por lá!


Ah, amanhã tem vídeo novo! Fiquem ligados!

17 de outubro de 2016

Por um mundo mais sustentável: reaproveitamento na decor

Imagem: via


Se você gosta de ver referencias de decoração em revistas ou internet, com certeza já reparou que não é de hoje que caixotes de madeira e outros objetos, antes descartados, fazem parte da decoração de cozinhas, quartos de casal, salas de estar e vários outros ambientes de casas descoladas e cheias de estilo.


A onda do reaproveitamento e da sustentabilidade vão muito além de salvar o ambiente e podem ajudar, inclusive, a salvar o seu orçamento no fim do mês, afinal ao invés de comprar um novo móvel ou acessório, você reaproveita uma peça que
Muito mais do que carregar frutas, o caixote de feira já é queridinho de quem curte uma decoração de pegada mais rústica e sustentável, também é uma boa ideia se você gosta de colocar a mão na massa.



Imagem: via


Hoje em dia, já é possível encontrar lojas que vendem caixotes no formato dos de feira, com madeira crua, mas novos. O preço pode não ser muito convidativo, mas se você não pretende ter muito trabalho lixando ou pintando a peça, essa é uma boa ideia. Mas se você faz questão de pagar pouco e reaproveitar uma peça usada, vale um papo com o quitandeiro ou com algum feirante que você conheça, eles geralmente têm algumas peças sobrando e te vender por um preço baixíssimo, ou quem sabe até, te presenteando.

As possibilidades de usar o caixote na decoração são incontáveis, como apoio de prateleiras, como vasos e também como estantes para espaços pequenos.


Imagem: via


Se você está com o orçamento apertado para comprar armários, os caixotes também vão ser uma mão na roda. Use-os aparafusados na parede ou empilhados no chão, você pode pintar as peças com a cor que melhor combinar com o restante da sua decoração.

Pallets são outros queridinhos da decoração sustentável afinal a madeira crua de pinus, é super versátil. Normalmente usada por lojas e empresas na hora de transportar carga, os pallets podem se transformar em móveis e acessórios diferentes! 

Imagem: via

Imagem: via

Pallets que têm sua estrutura mais aberta, com as ripas de madeira umas distantes das outras, podem ser usados como jardineiras verticais, basta pendurar vasinhos de flores ou temperos para montar uma composição bacana e manter o verde sempre dentro de casa. Já os modelos com ripas bem próximas podem virar uma divertida mesa de centro, com a adição de rodinhas, você ainda ganha um móvel que pode ser movimentado pela sala.


Sabe aqueles carreteis industriais que servem de boninas de fios e cabos para a indústria? Eles também têm um potencial incrível. A vantagem é que precisa de poucas habilidades manuais para conseguir bons resultados. Como ele já tem um formato bem característico de mesa, é só lixar bem e aplicar um verniz protetor!


Imagem: via

Imagem: via


* Esse post se trata de um guest post feito em parceria com o site Viva Decora. E ao acessar o link da maioria das imagens, você terá acesso ao  nome e contato dos profissionais responsáveis pela maioria dos projetos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...