Personare Ads

17 de janeiro de 2017

Uma casa, 6 dicas: a casa do Math, do Blog do Math

Foto: Max Rocha para Historias de Casa.

Se tem uma coisa que eu adoro é conhecer a casa decorada dos outros. Mesmo que o estilo não seja exatamente o meu. 
Acho bem interessante observar como cada um se expressa através da própria casa, e as soluções encontradas que podem ser reaplicadas em outros lares. 
Já tem algum tempo que sou apaixonada pelo trabalho do Math, que comanda o blog do Math. Ele faz muito DIY e produções para chás e festinhas. Tudo a coisa mais linda e fofa do mundo! E também faz ilustrações que dá para usar como wallpaper e pôsteres. Volto a dizer: tudo lindo e maravilhoso! Não é à toa que quando o apartamento dele saiu no Historias de Casa, fiquei super encantada. 
Acredito que podemos dizer que o forte da Casa do Math são os tons pastéis e os objetos de decoração delicados. No entanto, ainda que tons pastéis não sejam a sua praia, essa casa tem algumas lições que todos nós podemos aproveitar.

Foto: Max Rocha para Historias de Casa. 

1) NÃO TENHA MEDO DE EXPOR SUAS PAIXÕES

Todo mundo tem suas paixões. Tem quem goste de filmes, outros são fissurados em algum esporte, outros têm uma queda por cachorrinhos. Leve isso para a decoração da sua casa. Olhar para as coisas que você ama faz um afago aos olhos e a sua casa se torna mais acolhedora.


2) FUJA DO CONVENCIONAL

E olha que nem estou falando para você ser arrojado, se quiser você pode até ser, mas não é necessário. Você pode fugir do convencional de forma simples. O que eu quero dizer é para você fazer algo que seja diferente do que todo mundo faz.
Você já viu uma casa toda em tons pastéis? Eu já vi a casa do Math e mais umas poucas na internet. Mas no meu círculo de amigos, na minha família... nunca!

Foto: Max Rocha para Histórias de Casa.

3) SUBA PELAS PAREDES 

Para quem tem pouco espaço, essa dica ajuda muito. Tanto no quesito enfeite, quanto no de funcionalidade. É uma boa ter prateleiras e armários aéreos quando falta espaço no chão.  Já para enfeitar, o céu é o limite. Você pode pendurar os tradicionais quadros ou recorrer a outros objetos do seu agrado.  Reparem que o Math pendurou um relógio cuco e uma cabeça de urso.


4) DECORE ONDE NINGUÉM ESPERA

Ou alguém esperava ver um violão com folhas e flores no home office? Fugir do óbvio é divertido, e ajuda a exercitar a criatividade. Fora que ver a cara das visitas quando vê coisas diferentes e observar as reações não tem preço!



5) FAÇA UM AGRADO AOS OLHOS EM ESPAÇOS ABERTOS DOS ARMÁRIOS 

É muito comum armários sobretudo, os aéreos terem espaços abertos, sem portas. Evite usar essas partes como você usa as com portas. Não digo para colocar necessariamente objetos meramente decorativos. Mas por exemplo, se for guardar ali coisas como café e açúcar, opte por potes que sejam bonitinhos, que te agradem e conversem com o ambiente. Se for guardar panelas, deixe as que você menos gosta na parte fechada e as mais bonitinhas à mostra.

6) APROVEITE ESPAÇOS INUSITADOS

Sabe aquele espaço que ninguém pensa em aproveitar? Então, se você mora em apartamentos pequenos, fique de olho neles! Repararam que o Math aproveitou o espaço abaixo dos caixotes suspensos para colocar as revistas? Se você não tiver lugar para guardar tranqueiras e coisas pequenas por exemplo, poderia arrumar caixas e guardá-las ali. Só atente para o caso das caixas serem de estampas diferentes, elas conversarem entre si, e terem um visual que esteja em harmonia com você.


Dicas dadas, posso dar mais uns conselhos? Além de ir conhecer o blog do Math, recomendo que você visite os dois posts desse apê no Histórias de Casa. Lá é que está o post original, com a história dos moradores e muuuuito mais fotos. Vai por mim, vale muito a pena!
Capítulo 1
Capítulo 2


12 de janeiro de 2017

Canais do Youtube que me inspiram: Simplichique


Foto: Manuela Lopes/ Simplichique


Eu adoro Youtube! É uma forma super prática e gratuita de assistir aquilo que me interessa, que me instrui ou distrai. E como tem canal bom nessa internet, com os temas mais variados possíveis! Mas é claro que os meus preferidos são os que abordam DIY e decor, apesar de gostar também de finanças e organização.
Foi com o intuito de compartilhar essas minhas descobertas no YT que há algum tempo criei o hábito de trazê-las para cá. 
E o canal que indico hoje é o da Manuela, do Simplichique. Manu é arquiteta, e fala sobre decoração acessível e possível. Além de dicas e orientações para você fazer sua casa decorada caber no seu bolso, o DIY também é a praia dela e o canal é a prova disso! 

Dá só uma espiada nos vídeos que eu separei pra você :







Gostou desses 4 vídeos? Então recomendo que você corra pro canal da Manu aqui, e fique passeando por lá!

Qual é o seu preferido? Acho que eu ficaria com o das pastilhas adesivas.... me deu até vontade de aplicar num pedacinho da minha cozinha quando voltar pro meu apê. 

10 de janeiro de 2017

Como ter a sua casa dos sonhos


Imagem: Lápiz Decor


Para mim, ter a casa dos sonhos não significa necessariamente algo inalcançável. Pode ser se você desejar morar num lugar, num tamanho além das suas possibilidades econômicas no momento. No entanto, se a sua casa dos sonhos estiver mais afinada com questões funcionais e sensoriais, a casa que você mora hoje pode ser a casa dos seus sonhos. É só trabalhá-la para isso. 
Quem me acompanha por aqui há mais tempo e nas redes sociais já sabe que desde setembro estou me dividindo entre dois espaços na internet: também estou na Lápiz Decor, junto com a Thamyrez, do Casa Design Studio.  
E pela Lápiz Decor, estamos ministrando o workshop A Casa dos sonhos, e uma vez por semana, até o dia 20 de fevereiro, lançamos um post, que se equivale a uma aula.  O workshop acontece no blog da Lápiz e é gratuito. 
Já estamos na quarta aula, que saiu na segunda feira, mas nada impede de você voltar e ler as primeiras aulas, estão todas lá! E na primeira e terceira aula, ainda tem como brinde, alguns pôsteres para você baixar e enfeitar suas paredes! =)
Para acompanhar o workshop, é só vir por aqui.

Depois volte para me contar: de qual aula você mais gostou? Pegou algum pôster para sua casa?

5 de janeiro de 2017

Decor: 10 dicas de instas que inspiram



Se tem uma coisa que me inspira muito é o Instagram. Acho que posso dizer até mais que o Pinterest. Porque esse último funciona bem como pesquisa, mas no insta, eu me inspiro sem estar trabalhando, sem estar procurando por nada específico, apenas passeando pelo meu feed. E como tem coisa boa sendo produzida no instagram mundo afora!
Eu sigo alguns tipos de perfis variados, como de fotografia, lifestyle, viagens, suculentas, e outras coisas que podem me interessar. Mas os meus queridinhos, obviamente são os que abordam decoração e interiores, ainda que essa possa não ser a única temática do perfil. Adoro a sensação de olhar para uma foto, abrir um sorriso e sentir que o meu dia fica mais bonito! <3 Sim, eu assumo que não sou uma pessoa lá muito normal! hehe.
Algum tempo atrás, eu fiz uma seleção de 5 perfis do insta que me inspiravam - você pode vê-la aqui - mas ao longo desse tempo, perfis novos nasceram, descobri outros, e achei que valeria a pena repetir a dose. Dessa vez, separei 5 brasileiros e 5 gringos. Desses cinco estrangeiros, dois são argentinos, porque né.... descobri cada coisa incrível no período que passei lá.

BRASILEIROS 






Carol é arquiteta e foi minha professora de materiais no curso de Design de Interiores, faz projetos pela sua empresa, a Dobra Arquitetura, e também é uma das apresentadoras do programa Olho Mágico, no GNT. 
O que eu mais gosto das fotos que ela posta é da luz que parece que os ambientes irradiam, presença do verde, e um toque moderno e aconchegante. Eu moraria na maioria das casas. =) Olhem pra essas fotos aí em cima, gente! Tem como não amar?
E para quem curte, ela também faz uns vídeozinhos explicando o ambiente, com dicas. 




A Erica, a Carla e a Karen são minhas colegas dos tempos do DIY Coletivo, e estão a frente dessa revista totalmente online e gratuita desde 2015, um pouco depois da nossa viagem a Barcelona. 
Por ser uma revista colaborativa, o perfil da Oca tem uma pegada diferente da maioria dos perfis. Tem fotos de lifestyle, decor, plantinhas. Tem fotos das meninas - que aliás, são lindas - da casa delas, mas a grande maioria é repostada, de leitores e colaboradores. 
O bom disso, é que com as reportagens, bem como com a hashtag que elas criaram, a #minhacasapop , a gente vê um monte de casas legais e inspiradoras!




O curitibano @apartamento.33 tem uma pegada única e bem característica. Começou meio como um diário de reforma,  e hoje mostra a decoração do apê, que é pautado pelo design escandinavo. 
Acho que eu nunca teria uma casa totalmente escandinava, mas gosto muito de me inspirar nos nórdicos. E o que eu mais gosto desse apê, é o acabamento. Apesar de nada ter cara de improviso, também não me passa a sensação de estar num showroom. Olhar para as fotos me faz me sentir acolhida, consigo ver claramente que é casa de gente de verdade. 
Amo a cozinha (tenho uma queda por cinza!), o azulejo dos banheiros, todos os pisos da casa, a luminária de cobre no home office, os elementos de design e a presença constante de flores frescas. Fora que o feed é de uma harmonia lindíssima de se ver!





A Iná mora num apartamento de 20m2 aqui no Rio, e o pouco espaço foi o ponto de partida para a decoração desse apê. Optou por um estilo minimalista, móveis multifuncionais - como o futon que funciona como sofá e cama, a estante que abriga livros e também o home office, a mesa que recebe os pratos na hora de comer e os pincéis na hora de pintar.  Mas, para levar aconchego ao ambiente, se preocupou também em inserir uma pegada orgânica dentro do minimalismo que adotou como estilo de vida. 
E tudo isso você observa claramente no perfil dela: sempre cores claras, texturas naturais, verde. Outra coisa também bem legal desse insta é o convite ao slow life, ao carpe diem. 





O @apto.29 é um dos instas desse lista que conheci há menos tempo, e me apaixonei de cara. Sobretudo quando vi a foto do quarto com parede de cimento queimado, manta com estampa geométrica e muitas almofadas.
O que eu mais gosto é do quarto, mas os outros ambientes, bem como os detalhes também são bem inspiradores!



GRINGOS





Argentina nascida na cidade de Reconquista, na Província de Santa Fe, que atualmente mora em Buenos Aires tem uma casa que nem tenho palavras para expressar de tão linda e aconchegante que é!
Acho que eu diria que a casa dela tem um toque clássico, com elementos modernos e de design, bem como também coisas com pegada mais artesanal.  E a presença do contraste também é bem marcante: branco e madeira; design e artesanato; neutro e estampa. Tudo isso me dá uma sensação de aconchego enorme, sem falar da elegância de todos os ambientes.
O ambiente que ela mais mostra é a cozinha, DIVINA, como eles dizem muito por lá. Reparem também nos acessórios quando forem passear pelo feed dela: panos de prato, pratos, xícaras... tudo dos Deuses!




Flor é decoradora de eventos, ou ambientadora, como eles falam na Argentina. Nasceu em Buenos Aires, mas atualmente mora em Rosario, onde tive a honra de conhecê-la pessoalmente. 
Esse é um insta que não é beeeeem de decoração de interiores. Mas além das fotos inspirarem por si só, e muitos cenários que ela monta possam ser reproduzidos em casa, vejo esse insta com um grande potencial para vir a ser inspirador para nossas casas: Flor está em processo de reforma, a cozinha dela está ficando a coisa mais linda! E ela ainda disse que pretende decorar mais a casa nesse ano que virou! =) Já falei para ela que depois adoraria ver a casa dela aqui, no Xeretando casas alheias! 
Quem gosta muito de flores e plantas vai ficar maluco! É cada foto mais linda que a outra com esses elementos bem presentes. E o feed dela também é a coisa mais linda de se ver!
Ela é tão inspiradora que volta e meia está presente num programa de TV rosarino voltado para empreendedores e criativos argentinos, o Inspirarte. 




Elsie é a idealizadora do blog A Beautiful Mess, que comanda junto com a irmã, Emma Chapman. Acho que todo mundo conhece o ABM, porque no meu período em Rosario, percebi que até os argentinos o acompanham. O que talvez nem todo mundo saiba, é que a Elsie tem um instagram próprio, além do blog. Que eu particularmente prefiro. O insta do A Beautiful Mess é muito bom, mas o da Elsie, eu não tenho nem palavras para definir... adoro!
Amo a casa dela, acho tão elegante e também me sinto abraçada. Adoro a quantidade de plantas que ela espalha pela casa. Confesso que nem tudo eu teria na minha casa, como papel de parede floral num comodo inteiro, mas até mesmo o que eu não teria na minha casa, admito que é bonito e pode inspirar. 
O feed e as fotos também são divinos!




Não me recordo exatamente como descobri o holandês @houseof_kar , mas tem relativamente pouco tempo. Mas posso dizer que me encantou à primeira vista pela abundância do verde e forte presença do cinza e da luz natural. 
Nessa casa, me chama a atenção a pintura ousada nos cômodos, e o leve colorido, apesar de predominar o neutro. 
Quem me conhece sabe que aconchego numa casa para mim é essencial. E isso você encontra de sobra nesse perfil! Ah, e quem curte gatinhos também vai gostar: o gato da casa às vezes dá as caras nas fotos, uma fofura sem fim!



Também holandês, o perfil da Joselien mostra uma casa do jeito que gostamos: com cara de casa que mora gente de verdade dentro. =) Lá você encontra uma decoração cheia de vida, daquelas sem medo de errar, sabe?
Nessa casa, você encontra elementos de design, como a cadeira EAMES, mas também móveis e objetos com uma pegada retrô, e pequenos itens de decoração que ela vende na lojinha dela e são um amor. Plantas aqui tem a sua vez! Não tem como não se encantar com tanta singeleza e amor!



Bem, esses são os instas que eu indico e recomendo de olhos fechados! Você já conhecia algum desses? Tem mais algum para indicar e que não está nessa lista? 

3 de janeiro de 2017

Resumo do mês: Dezembro



Em dezembro, depois do lançamento do ebook Decorar é sobre se conhecer, o blog voltou ao ritmo normal, e achei justo voltar ao resumo do mês para aqueles que não conseguiram acompanhar tudo.  Rolou muito post de fim de ano, mas que são perfeitamente adaptáveis a outros momentos, como o DIY dos cartões, as ideias de presentes, os canudos decorados podem enfeitar outras festas. =) 
Não sabe do que estou falando? Então bora, a listinha dos posts estão aqui embaixo:



Qual desses posts foi o seu preferido? O que você gostaria de ver por aqui em janeiro?

30 de dezembro de 2016

Balanço do ano e feliz ano novo!




Acho que posso dizer que 2016 foi o ano mais diferente da minha vida. Saí da zona de conforto, aluguei meu apartamento, passei uma temporada fora do país, experimentei um tipo de trabalho diferente. Foi um momento que tirei para experimentar coisas novas. Nem sempre é fácil, mas o aprendizado que vem é enorme. 
Esse montão de coisas novas na minha vida acabou me fazendo postar menos no blog, e focar mais no instagram, no entanto, ainda assim, esse blog me deu muitas alegrias esse ano. E adoraria relembrá-las com vocês, afinal esse espaço não é meu, é nosso! 



JANEIRO: mais uma vez, escrevi um artigo como convidada para um blog que eu amo, o Tu Organizas, e você pode conferir aqui. O tema foi como ter uma casa com a sua cara em 5 passos. 

FEVEREIRO:  fiz um DIY de carnaval para quem prefere curtir o feriado sossegado vendo filmes para a terceira edição da revista Oca Pop. Clique aqui e seja redirecionado para a terceira edição. A minha matéria está na página 180.




MARÇO: aluguei o apê e saí numa matéria do jornal Globo Barra junto com a Thamyrez (Casa Design Studio), Karen (Pot pourri da Karen e Revista Oca Pop), Lívia (Ideias em Casa ) e Ana (Casa Doce Casa). A matéria online você pode ler (ou reler) aqui.

Parada de mão no Parque Independência. Rosario - Argentina. Foto: Candy Uranga.


ABRIL: fui para Rosario, uma cidade às margens do Rio Paraná, na Província de Santa Fe, Argentina, onde passei uma temporada. Lá conheci empreendedoras e criativas argentinas, visitei cafés lindos e aconchegantes. E em maio, participei do #InstameetRosario, um encontro de instagrameros, como eles dizem, e fizemos passeios pelos pontos turísticos e culturais da cidade. Fiz até um post sobre esse dia, e você pode ler e ver mais fotos aqui.

Monumento Nacional a la Bandera. Rosario - Argentina. Foto: Candy Uranga.

MAIO: quando eu estava na Argentina, saiu na revista Casa Linda uma pauta em que eu tive a honra de colaborar.



JUNHO: publiquei uma das postagens mais lidas do ano: 7 dicas para decorar quarto com pouca grana. Perdeu a postagem ou quer rever? Vem por aqui.



JULHO: tive a honra de conhecer a marca Phosfato, que tem uma proposta bem diferente e inovadora de impressão de fotos e fazer 3 DIYs aqui no blog para ela. Foi uma experiência muito gratificante, e quero imprimir mais fotos lá! Para conferir cada um dos passo a passo, basta clicar nos referidos nomes aqui embaixo:






SETEMBRO: junto com a Thamyrez, do Casa Design Studio, lancei a Lápiz Decor, a princípio, oferecendo apenas o Projeto a Dois, que é um projeto de decoração que nós fazemos junto com o cliente, e produzindo conteúdo para o instagram.  Para conhecer o nosso Projeto a Dois, venha por aqui. =)

Foto: Ana Cantarini para Lápiz Decor


OUTUBRO: colaborei com uma matéria dando 4 dicas de decoração para quem tem móveis embutidos para o site Viva Decora.  Para conferir essas dicas, clique aqui.



NOVEMBRO: o mês em que lançamos dois ebooks pela Lápis Decor - o pago Decorar é sobre se conhecer, e o gratuito Mapa dos Sonhos. Acredito que esse é o meu melhor "filho"do ano, afinal foram meses no forno, sendo trabalhado até colocar no mundo. Clicando aqui, você pode ver a amostra e comprar o Decorar é sobre se conhecer - e onde tem a caixinha de e-mail, você pode baixar o Mapa dos Sonhos gratuitamente.



DEZEMBRO: tive a alegria de ver o blog saindo na Folha de São Paulo, tanto na versão impressa quanto na online. É muito gratificante quando a gente vê nosso trabalho sendo reconhecido. A versão online você pode checar aqui. E também nesse mês de dezembro, lançamos pela Lápiz Decor o workshop A casa dos sonhos, que vai durar 10 semanas e vai até fevereiro. Já estamos na segunda semana, e todas as aulas você pode achar no blog da Lápiz, aqui.



Ao analisar esse monte de coisas que aconteceram por aqui em 2016, eu só tenho uma coisa a dizer: GRATIDÃO!  Nada disso teria acontecido se não fosse vocês, afinal, um blog sem leitor não é nada. E sem os leitores, nada disso teria acontecido, nem mesmo a Lápiz Decor. Obrigada! <3

E que em 2017 possamos amar mais, ao mundo, a nós mesmos, e a nossa casa. E consequentemente, possamos deixar o mundo que nos cerca mais leve e aconchegante!

Muita luz para todos nós! Nos vemos ano que vem!

27 de dezembro de 2016

Antes e depois: 6 dicas para renovar a sala de jantar sem mudar os móveis




Fazia algum tempo que eu não tirava um momento para ficar navegando pelo Apartment Therapy.  Já falei por aqui o quanto eu o amo! Se você é novo por aqui, escute meu conselho de amiga: mesmo que você não entenda bulhufas de inglês e não esteja com um google tradutor à mão, vale muito a pena "perder"uns minutos passeando por lá, que as imagens falam por si só. Tem casas inteiras, reformas de móveis e antes e depois para a gente se inspirar de montão!
E foi de lá que eu catei essas imagens para fazer o antes e depois de hoje. Observando essas imagens, separei 5 dicas para te ajudar a renovar a sala de jantar. E o melhor: sem trocar os móveis principais.
Bora?




1) TROQUE O ESTOFADO DAS CADEIRAS

Muitas vezes um estofado velho e desbotado não deixa a gente muito feliz ao olhar para eles. Troque por alguma cor ou estampa que converse com o resto dos móveis e itens da sala. Se puder, aposte num contraste.
Dependendo do tipo de cadeira, você mesmo pode estofar, basta procurar tutoriais na internet. Se a cadeira for um pouco mais elaborada, e você não tiver dinheiro para pagar um estofador, experimente perguntar a algum costureiro se ele faz esse tipo de serviço. Geralmente os que fazem capas para sofás topam pegar esse serviço. A poltrona do meu cantinho de leitura, por exemplo, foi estofada pela mesma costureira que fez a capa do meu sofá.
E dependendo também do tecido que você escolher, não fica tão caro. Mas esteja mais atento caso você tenha pets e/ou crianças. Nesse caso, opte por modelos impermeáveis e não tão finos, para que tenham maior resistência  e durabilidade, o que vai evitar a necessidade de estofar de novo tão cedo.


2) CENTRO DE MESA FAZ PARTE DA COMPOSIÇÃO

Centros de mesa muitas vezes são relegados a segundo plano, e são esquecidos diante dos móveis. Mas, mesmo sendo menores, e talvez menos vistosos, eles fazem parte da composição, então é legal dar atenção a eles. Dependendo do que você colocar, pode mudar a vida da sua sala. Um arranjo de flores passa uma mensagem, uma composição de velas passa outra, e um jogo de xadrez outra. 
Reflita se o arranjo que você tem combina com a vibe que você quer para sua sala de jantar. caso você não se decida por uma vibe única, não há problema. Você pode ter duas coisas para a sua mesa de jantar e ir alternando, de acordo com o espírito do dia. Está tudo bem querer flores num dia, e o jogo de xadrez no outro. =)
E se você é fã convicto de flores por exemplo, mas não aguenta mais olhar para sua mesa, experimente fazer outro arranjo, com flores diferentes, cores diferentes. Mudar a base também pode ajudar. 


3) TAPETES PODEM LEVAR A SUA SALA DE JANTAR A OUTRO PATAMAR 

Eles não são de fato necessários, eu mesma nunca tive um na minha sala. Optei por trabalhar a minha sala com outros elementos. Mas é inegável que tapetes ajudam muito a levar elegância a um ambiente, dando uma renovada geral. 
Se as suas coisas forem predominantemente lisas, um tapete estampado pode levar uma bossa ao ambiente. Caso você tenha receio de ousar, uma estampa clássica como o listrado, em cores neutras é uma saída.
Em relação a tamanhos, algumas lojas fazem sob medida, o que é bem legal para quem não encontra pronto no tamanho ideal para o seu ambiente.


4) MUDAR O TAMPO DA MESA TE DÁ UMA MESA NOVA DE PRESENTE

Pelo que dá para ver dos pés na segunda foto, acredito que a base da mesa seja a mesma, e trocaram o tampo de vidro pelo de madeira. É um tipo de mudança que pode sair mais barato que comprar uma mesa nova - basta procurar uma marcenaria mais em conta, e modifica completamente o estilo do ambiente.
Eu particularmente gosto mais de mesas de madeira, além de serem mais aconchegantes, acho mais agradável ao toque.  Mas se você gostar do seu tampo de vidro, e ainda assim quiser dar uma mudada, há a opção de colar contact no verso deste. Dá um efeito bem interessante.



5) REPENSE OS QUADROS

Já parou para pensar que o que você pendura na parede é responsável por uma boa parcela do que sua casa diz sobre você? Consegue imaginar pinturas a óleo com paisagens clássicas na casa de certas pessoas? E um mix de pôsteres de filmes antigos e fotografias dos anos 60 na casa de outras? Com isso quero mostrar que dependendo do que você escolher para suas paredes, conseguirá um estilo diferente.  
Quando for escolher seus quadros, pense no que você deseja para sua sala e no que tem a ver com quem você é.


6) GUARDE AS TRALHAS

Tralhas espalhadas acabam com qualquer decoração. Por mais bonito que seja o seu ambiente, se ele estiver bagunçado, a belezura nem vai aparecer. Essa dica serve para mim também: na sala de jantar, nunca baguncei muito, mas no quarto, acabo deixando roupas e livros se acumularem à vista. Quando a gente guarda tudo, é até inevitável abrir um sorrisinho ao vermos a nossa decoração. Ainda mais, se ela tiver sido feita por nós mesmos e com tanto carinho. 



E aí, qual dessas dicas foi a sua preferida? Segue alguma? Qual?

Fotos e post original: Apartment Therapy. Recomendo ir direto na fonte também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...