Personare Ads

1 de março de 2013

Projetinhos de 5 minutos: pintando garrafas




Vou ser bem honesta: o projetinho de hoje não é beeeeeem de 5 minutos. Leva um pouquinho mais, porém, nem por isso deixa de ser fácil e não deve te desanimar.

Acho que já falei aqui que eu tenho duas varandas - uma na sala e uma no quarto. Na do quarto, eu gosto muito de colocar a rede para ler nas noites não chuvosas nem tão quentes. Descobri que isso me dá um enorme prazer. Por isso descartei a ideia de móveis nessa varanda. Mas deixá-la peladona seria triste, né? Todos os cantos dessa casa já receberam um toque de amor, por menor que seja, como deixaria a pobre da varandinha de fora? Corria o risco dela cortar relações comigo!

Como eu não queria nada no chão, para liberar o espaço para a rede, a solução foi subir pelas paredes. Como? Bem... com coisas que toda pessoa normal jogaria no lixo.
As prateleiras são "restos" daquele rack que eu mandei diminuir, lembra? Aquela modificação rendeu, e como rendeu! O nicho ali ao meio, veio do bazar decor que teve em dezembro.

Para trazer um colorido ao ambiente, quis apostar em garrafas pintadas. Por dentro. Que garrafas? Do licor daqui de casa, garimpos no lixo de parentes e da lixeira do prédio (viva ao vizinho que colocou essa amarela  no chão da lixeira próximo da hora de eu jogar meu lixo fora...ô vizinho, pode manter o horário na hora de jogar coisa legal fora que eu agradeço!).
Aprendi essa técnica já faz algum tempo e só agora coloquei em prática. Por isso eu não me lembro onde aprendi. Já fucei tanta coisa nessa blogsfera, vou te contar. Mas não precisa se decepcionar. Tem passo a passo!


- Pegue a garrafinha no lixo ou alguma que você já tenha e não jogou fora. Lave a dita cuja, pelo amor de Deus, né? Tire o rótulo, se houver. Se você quiser mantê-lo por uma questão de estilo, aí já são outros quinhentos.


- Pegue a tinta. Eu usei tinta fosca para artesanato. Custa cerca de 1,60 a 2 reais esse potinho pequeno. Não usei nem 1 inteiro para a garrafa pequena e cerca de 1 e meio nas maiores.
Na época que eu aprendi essa técnica, dizia que também poderia ser usada a tinta a óleo. Mas eu detesto essa tinta, acho um inferno para limpar a sujeira depois, precisa de solvente/ aguarrás. Prefiro sempre as tintas à base de água. Mas aqui vale um alerta: se a tinta for à base de água, você não poderá colocar planta de verdade.



- Para facilitar a tarefa de espalhar a tinta, coloquei um pouquinho de água, veja bem: é só um pouquinho! Mas se você achar que ficou aguado e o efeito esquisito, coloque um pouco mais de tinta.

- Espere secar e observe no dia seguinte. Se você achar que não ficou bem acabado, repita o procedimento. Dessa vez, a tinta se espalhará mais rápido.

- Quando acabar, preste atenção ao resto de tinta. Se não tiver, ok, é só colocar para secar. Se tiver, coloque para escorrer em algum lugar, senão a base da garrafa ficará mais escura, dando um aspecto manchado.

- A pintura está pronta!



Como a minha varanda não é daquelas fechadas e é um lugar exposto a vento e chuva, achei importante me prevenir de possíveis acidentes. Enchi as garrafas de areia, de forma que ficassem pesadas e evitar que caiam num vendaval.

As plantinhas: em algumas, usei flores desidratadas que vieram do noivado dos Gabis e nas demais, flores de alho artificiais.

Esse vidro vazio que você está vendo dentro do cubo é de cereja em conserva. Receberá pedrinhas coloridas que minha mãe tem sobrando na casa dela e eu esqueci de pegar (não reparem na minha memória de gênio!)

Agora olha meu cantinho à noite, com a rede. Ô delícia!


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

34 comentários :

  1. Ficou um amor esse cantinho, rede é uma coisa muito gostosa XD
    http://vossa-serendipidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, rede é uma coisa MUITO gostosa!

      Excluir
    2. Pergunto tenho varias garrafas e quero colorir pode usar tints guache ou tints spray tints latex com corantr

      Excluir
    3. Acredito que o spray sim, mas a guache não funciona...

      Excluir
    4. Acredito que o spray funciona, mas a guache não. ..

      Excluir
  2. Ficou lindo! Amei o cantinho da leitura hehe

    Beijos! (:

    ResponderExcluir
  3. Ju querida, parabens pelo blog, n conhecia... eu amei, vou fazer varias coisinhas :)))
    Saudade de vc!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o seu cantinho.
    Obrigada pelas dicas. Tenho várias garrafas e queria saber como fazer para pintá-las sem manchar. vi a dica do seu blog na revista Minha casa, que sou assinante. valeu!!!!
    Lou Mesquita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lou, obrigada pelo elogio!
      O segredo para não manchar é colocar o resto de tinta para escorrer depois que você terminar de pintar.

      Beijos.

      Excluir
  5. linda essa ideia ...parabéns!

    http://blogpontosefios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Farei isso esse fim de semana, sem falta. Tenho uma garrafa de Smirnoff que fica na mesinha de centro da sala, vazia, sem rótulo, e com um 'papiro' enrolado que achei em um camelô. É uma semi-garrafa-com-mapa-do-tesouro, mas não será mais.

    ResponderExcluir
  7. Que bacana!! Fica lindo e parece bem fácil!! Parabéns pelo blog, muito legal!!
    Gisele

    ResponderExcluir
  8. Massa vou fzer em casa

    ResponderExcluir
  9. Oi!Sou assinante de Minha Casa e pensei em juntar a tecnica de pintura em garrafa com um pisca que sobrou do natal.Deve ficar lindo!!!Vou fazer e ver como fica.Claro, com luzinhas de led q não esquetam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca me ocorreu colocar luzinha dentro de garrafas pintadas. Mas para tentar isso, você deverá esperar a tinta secar completamente (isso leva alguns dias, por ser um lugar "tampado"). Acredito que esse projeto daria mais certo pintando a garrafa por fora.
      Se der certo, depois me conta?

      Excluir
  10. Juliana, hola!! no había visto este post de tu blog!! quedaron bárbaras tus botellas, me pareció genial la idea de pintarlas x dentro! Victoria

    ResponderExcluir
  11. gostei muito. to anciosa pelas proximas postagens

    ResponderExcluir
  12. eu já tentei fazer só que da primeira vez a tinta escorre quase total ficando uma cor muito fraca e no dia seguinte quando apliquei a segunda vez, que virei para tirar o excesso a tinta saiu quase que toda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonia,
      desculpe a demora para responder, eu estava engessada quando você deixou essa mensagem aqui.
      Infelizmente, eu não sei ajudar, porque isso não ocorreu aqui em casa. Será que você colocou muita água? Em caso negativo,experimente usar outra tinta para ver se funciona.

      Beijos.

      Excluir
  13. eu já tentei fazer só que da primeira vez a tinta escorre quase total ficando uma cor muito fraca e no dia seguinte quando apliquei a segunda vez, que virei para tirar o excesso a tinta saiu quase que toda.

    ResponderExcluir
  14. Olá Juliana..

    Muito legal essa técnica. O resultado é incrível..Peças assim agregam muito na decoração..

    O blog no geral é bem bacana

    ResponderExcluir
  15. Oi Juliana!
    Eu até tentei pintar uma garrafa de vidro dias atrás(antes de conhecer sua página), usei tinta acrílica. Mas, não gostei do resultado. Me disseram que devo tentar com tinta esmalte. Enfim, vou ver com essa tinta que vc usou, ainda tenho garrafas.
    beijooos

    Glenda Lira

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...