Personare Ads

11 de março de 2014

Experiência com compra virtual - Estação da Luz


"Espelho, espelho meu! Há no mundo alguém mais bela que eu?"






Eu nunca me interessei muito por maquiagem. Na adolescência, só usava quando fazia peças de teatro e quando tinha casamento. No meu primeiro emprego, o ambiente era bem mais formal do que onde trabalho hoje, e ainda assim, usava muito pouco. Sempre gostei mais de brincar com roupa e ter as unhas feitas.
Mas de um tempo pra cá, não sei o que aconteceu comigo, e passei a gostar mais de me pintar. Tenho usado maquiagem com beeeeem mais frequência, quase todo dia. Ainda assim, sou bem básica, sabe? Nada de lápis, sobra, delineador, rímel postiço e sei lá mais o que. Resumindo: eu tenho muito pouco item e estava tudo guardado numa bolsinha no banheiro (sim, cabe tudo numa bolsinha). Mas lendo revistas de decoração e blogs de organização (sobretudo o Organize sem frescuras!), descobri que guardar makes no banheiro é uma péssima ideia, por ser um ambiente úmido. Daí, começou um problema: onde enfiar os meus produtinhos???
Bem, a minha nova "penteadeira", entre aspas, porque não podemos chamar assim de fato, será assunto do próximo post. Porém, para ter um novo cantinho para me pintar, eu precisava de um espelho de mesa. Cheguei a dar uma olhada no Saara, mas não achei nada com a minha cara, achei que teria que comprar um qualquer e reformar, como fiz com aquele retrô,do DIY Coletivo de dezembro (se você não viu, clique aqui).
Até que através do Dcoração, conheci a loja Estação da Luz. Resolvi dar uma fuçada e... PARA O MUNDO! Achei o espelho dos meus sonhos! Com uma carinha que me remete ao século dezenove e ainda com formato de coração??? Quase pedi para alguém me beliscar!


O melhor foi o preço. Com o cupom de desconto do Dcoração, o espelho saiu de 35 para 28 reais, e com o frete, paguei R$ 46. Considerando que no Saara eu estava encontrando por até 25, eu acho que super valeu.

Como foi comprar na Estação da Luz?

Foi uma boa experiência, em todos os sentidos. O produto chegou super rápido, mas sem dúvida o que me chamou a atenção foi o atendimento. Eles têm um chat, te atendem na hora, se você solicitar ajuda em horário comercial. No meu caso, eu queria saber se o espelho ampliava de um lado, e o funcionário não só respondeu a minha pergunta, como me lembrou de usar o código do Dcoração para ter desconto. Eu tive a sensação de não ser um número, mas uma cliente de carne e osso para a marca.

Esse espelho tem na cor dourada e tem a opção oval também. Pelo que acabei de ver no site, está esgotado, não sei se volta ao estoque. Vale a pena dar uma olhada nas outras opções, e se quiser um item esgotado, perguntar a algum funcionário do chat se volta à "estante". 

De perto: detalhezinhos

Aguardem o próximo capítulo! Será bem mulherzinha! ;)



Experiências anteriores: Oppa, Forma Fina, Toda Coisinha e Essência Móveis.

Esse post não é um publieditorial. Estou apenas compartilhando uma experiência minha.


10 de março de 2014

Canecas além da função original

Canecas foram feitas para.... beber.
Até algum tempo atrás (leia-se: o período em que morava com minha mãe), eu usava caneca basicamente para levar bebida para o quarto enquanto me deliciava na leitura ou na pintura, ou para a sala, se estivesse vendo algum filme.
Mas aos poucos, eu fui desenvolvendo uma paixãozinha por esse objeto. E acho que as pessoas foram percebendo, porque passei a ganhar várias, mesmo depois que passou a fase do chá de casa nova.
Daí, olhando para uma delas, resolvi fazer esse post de desvio de função muito bem vindo nas nossas casas.

1) Na penteadeira, acomoda pincéis de maquiagem

Aqui em casa ainda não tem uma destinada a essa função, porque ainda não montei a minha "penteadeira", mas vocês verão ainda nesse mês! =)



Imagem: Blog da Bita

Imagem: Just Lia       











2) No banheiro, acomoda pastas e escovas de dente

Imagem: Eu amo canecas

3) Como vasinho, com plantinha, é só amor!


Imagem: Jardim das Ideias

4) Que tal fazer uma vela aromática e perfumar a sua casa? 

Ok, ok, eu sei que isso na foto é uma xícara, mas serve de inspiração, não? É só fazer a vela e colocar na sua caneca fofa. 

Imagem: Morando Sozinha

5) No cantinho de estudos, home office, ateliê...

porta tudo que a gente precisa: lápis, canetinha, tinta, tesoura.

Imagem: Princesa de Aluguel

6) Talheres são bem vindos!

Tudo bem que não é a opção mais higiênica de todas para se guardar talheres, mas nem todo mundo tem espaço nos armários da cozinha. E sim, dá para fazer charme mesmo no improviso! ;)

Imagem: Chucrute com salsicha

7) Aqui em casa....

Essas eu ganhei de presente e amo essa composição com sempre vivas e rádio retrô.

Canecão é uma lembrança gostosa do papai, lembro-me de quando ele ganhou, em 1997. Essa para mim tem uma conotação muito mais de memória que de fofurice propriamente dita.

Primeiro presente da sobrinha, ainda com meses de vida, que ganhei aos 15 anos. É gente, fui tia cedo. A única caneca que já tinha uma função decorativa ainda na casa da minha mãe.

O Van Gogh ali no fundo é meu companheiro de "mulherzice". Não guarda pincéis de make, mas creminhos que uso antes de dormir.

E vocês, usam canecas na decoração? De que forma? Conta pra gente?

7 de março de 2014

(Tentando) colocar a casa em ordem - parte 2

Eu não sou organizada, muito menos organizadora profissional. Sou apenas uma desorganizada que está na luta para melhorar essa imperfeição. No ano passado mostrei o início da organização aqui de casa, e como a saga continua, vim dividir outras coisas que andei fazendo e estão dando certo. Um dia eu chego lá, oremos! rs.


Um problema sério aqui em casa eram as contas pagas. As contas a pagar ficam numa caixa de fácil acesso, na sala. Mas as contas pagas, teoricamente, eu colocava dentro dessa pasta sanfonada. Foi minha mãe quem me ensinou, porque ela faz assim na casa dela e sempre deu certo. Mas... para mim não funcionou. Durante 1 ano e meio, eu tentei e nada. Não colocava as contas no lugar certo, isso quando colocava lá dentro. Resultado: quando fiz a faxina dos papéis, descobri que tinha até envelope vazio e nota fiscal de farmácia ali dentro. Uma nova estratégia se revelou necessária. E adeus pasta sanfonada.


Comprei uma pasta catálogo, que por ocupar menos espaço, cabe num lugar de acesso mais fácil, para me ajudar a lembrar de guardar as contas e não deixá-las jogadas por aí.
Na etiqueta da capa, não resisti a uma fofurice e fiz uns desenhozinhos singelos. 


Para definir qual plástico era de qual conta, lancei mão de etiquetas adesivas. Não ligue para os amarelados que você vê na foto, é que essas etiquetas são sobras do meu tempo escolar - em outras palavras, elas são dos anos 90. Mas estavam colando e funcionariam, porque não?


Para facilitar a visualização e também, fazer uma fofurice, fiz bordinhas com washi tapes. 



Outra coisa que estava precisando de ordem eram as minhas revistas. São muitas e elas acabavam ficando espalhadas. A solução apareceu quando encontrei esse porta revista. Com isso, os quadros que ficavam no nicho foram remanejados e as revistas agora têm um lugar só para elas. ;)
A escolha de itens coloridos foi proposital, assim se eu precisar comprar mais depois, não precisarei me preocupar em achar outro da mesma cor.


De perto.

Se você perdeu a primeira parte, o início de tudo, clique aqui

E aí, tem mais alguém que está na luta para colocar a casa em ordem?

1 de março de 2014

Resumo do mês - Fevereiro


1)Xeretando casas alheias - quarto da Flaviana - no primeiro xereta em forma de vídeo, o blog mostra o quarto da Fla e ela conta as soluções baratas que arrumou na hora de decorá-lo.

2) O que colocar na mesa de jantar? - é engraçado, esse post quase não tem comentários, mas já está no top 5 dos mais lidos do blog. São sugestões do que podemos colocar na mesa além de flores.

3) Inspiração para abraçar - achei na internet uma decoração aconchegante e quis vir aqui mostrar para vocês.

4) Experiência com compra virtual: cabideiro Hang it All, Eames - Essência Móveis - Fiz uma compra numa loja nova, e como sempre, relatei a minha experiência.

5) Quem tem pouca verba pode ter uma sala de estar legal? - Mais um post para a série "quem tem pouca verba pode ter um ambiente legal?".

6) Inspiração: luminárias de teto - No meio do caminho tinha uma loja de lustres. Tinha uma loja de lustres no meio do caminho. E tropecei na vontade de pesquisar diferentes tipos de luminárias de teto.

7) DIY Coletivo - Tecido: Por um rack mais frufru - Como ocorre todo mês, chegou a hora de lançar mais uma proposta de DIY Coletivo, e o tema da vez foi tecido. Aproveitei a oportunidade para repaginar o rack.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...