Personare Ads

30 de abril de 2014

Projetinho de 5 minutos: ímas de mdf



Nem tudo que acontece na vida é planejado, certo? O mesmo serve para os DIYs. Nem todos os projetinhos são planejados.
Esses dias fui ao Saara procurar molduras de gesso, mas não achei do jeito que eu queria. Só que eu sou do tipo que não consegue ir a uma loja de artesanato e não fuçar para ver se tem coisinhas legais. Foi assim que bati o olho nessas peças pequenas de mdf, imitando claquete e mala de viagem retrô. Tem a minha cara e a de alguns amigos meus. Foram direto pra cesta e poucos dias depois viraram ímãs. ;)
Ao invés de recorrer à forma mais comum, de comprar aqueles ímãs redondos e colar, eu preferi usar folha imantada, assim cobre toda a superfície e não fica aquele altinho, sabe? Mas ainda assim é bem fácil de fazer e leva menos de 5 minutos.

Materiais:
- Folha imantada - paguei R$ 1,50
- Claquete e mala de mdf
- Tesoura
- Estilete



Primeiro, recorte a placa imantada num tamanho próximo ao mdf, lembrando de deixar um pouco de sobra para todos os lados. Em seguida, retire a parte que protege o adesivo.


Cole no mdf, e com o estilete, tire todas as sobras.


Pronto! Agora é só colocar na geladeira! Ou no mural, se preferir. Ou ainda, dar de presente. =)


Além de fácil, é um projetinho que sai beeeem barato e dá para fazer vários. Alguém aqui já fez ímãs alguma vez?

23 de abril de 2014

6 Dicas de decoração "sem" cor: o neutro não precisa ser sem graça





Outro dia, conversando com uma amiga, ela me disse:
- Tem uma menina lá do meu trabalho que não consegue comprar nada colorido para casa, ela diz que tem medo de errar, e que a casa está sem graça.
Naquele dia, recomendei que a menina pesquisasse por decoração escandinava, até porque não a conheço, e essa dica era a que estava ao meu alcance naquele momento. Mas depois fiquei pensando que deve ter muita gente que não curte um colorido. Seja por medo de errar, seja por uma questão de estilo mesmo. Eu particularmente morro de medo de ambientes com cara de hospital de luxo, mas sei que super rola ser neutro sem essa vibe hospitalar. Por isso resolvi fazer esse post, com dicas para quem quer fugir de uma paleta variada.

1) Aposte em materiais como madeira e palha

Ambientes neutros tendem a ser frios, por isso acho importante a presença de materiais que aquecem. Não precisa de muito, o piso, um móvel ou alguns detalhes já fazem diferença.




2) Fuja um pouco do branco: cinza e preto são cores neutras e elegantes

A presença do cinza e/ou preto quebra o ar de hospital e deixa o ambiente mais aconchegante. E você não precisa ter medo de errar, se esse for o seu caso. Também não precisa de muito. Uma parede ou uma pilastra já ajudam.




3) Não esqueça dos elementos decorativos

São eles que dão graça e personalidade ao ambiente, né? Vale tudo: quadros, mantas, almofadas, castiçais, velas, globos, flores, vidros de perfume, e até um violão, se você tiver algum dando sopa! hehe. Esses itens podem ter cor ou não, fica a seu critério.



4) Que tal itens inusitados/alternativos?

Já que o ambiente é neutro, nada como ter algo que brilhe no palco e que possa vir a se tornar o ponto focal da decor. Pode ser um senhor lustre, um armário descascado, uma luminária diferente, baú usado como mesa lateral, mesa de centro feita com tábua e rodinhas (não tão inhas assim).



5)  Invista na textura/ estampa

Elas quebram a monotonia e ainda podem trazer conforto visual e tátil. Tem gente que vai dizer que tem estampa que deixa a gente meio tonta só de olhar, mas é só você escolher algo que te agrade olhar e/ou não usar numa superfície muito grande.
Quanto ao conforto tátil, me lembra muito de uma conversa que tive com a Manu Mitre, do Casa da Id&a. Casa para mim é um lugar que deve transmitir uma sensação de bem estar, acolhimento. E se existem texturas que podem nos trazer sensações que acalentem nossos corações, porque não apostar nelas?




6) Traga plantas para dentro de casa

Tem como negar que plantas trazem mais vida ao ambiente?




E você, é amante das cores ou do neutro? Se for do segundo time, fico na torcida para que esse post tenha te ajudado! ;)


Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6 7, 8, 9, 10, 11, 12.

21 de abril de 2014

HC Store: tem loja nova no pedaço


Quem é rato de blog de decoração deve conhecer o Sr. Homem da Casa, ou tio Edu, para os mais íntimos. Para quem não conhece, é um blog com uma pegada mais masculina, sem o frufru presente na maioria dos blogs comandados por mulheres. E lá tem muito, mas muito DIY bacana. Tem alguns bem simples, e outros mais elaborados. Tio Edu já transformou mesa em luminária, fez cabeceira, mural com tela de galinheiro... o que não falta é inspiração e passo a passo. Não tinha como eu não admirar esse menino!
No início do mês, inaugurou a HC Store, a loja do Edu que tem a mesma pegada do blog. E eu tive a honra de ser lembrada e receber presente! Oooooown, preciso dizer que eu amei? Edu, mais uma vez, obrigaaaada!
Minhas lâmpadas de cimento são lindas e já sei onde colocá-las! Só não sei exatamente o que vou pendurar, mas já coloquei a cachola pra pensar.

O bloquinho naturalmente ficou para anotações do blog e de projetos. =)

Adoro essa definição de "segundo emprego". 



Ímãs retrô.

 Na loja tem muita coisa bacana, tudo de bom gosto. Selecionei 5 itens para vocês terem uma ideia. Mas depois vale a pena fuxicar tudo lá!




E aí, do que vocês mais gostaram?


Esse post não é um publieditorial.

16 de abril de 2014

Projetinho de 5 minutos: Da páscoa para o ano todo


Eu não sou católica, por isso a páscoa não tem significado religioso para mim. Assim como o natal, eu gosto dessa data porque tem quê de familiar... pelo menos na minha família sempre rola almoço. Não necessariamente na sexta feira santa ou no domingo de Ramos, mas tiramos um dia - aquele que seja melhor para todo mundo - e nos reunimos num almoço na casa de algum de nós e é sempre delicioso estarmos todos juntos.

Aqui em casa eu sempre compro aquele pacotão gigante de algodão. Acaba saindo bem mais barato que comprar pacotinhos. Daí, para facilitar no dia a dia, pegava um pouco e guardava nesse saquinho de fácil acesso (vergonha de mostrar para vocês essa coisa medonha - projetem a imagem de uma menina com bochechas cor de camarão, essa sou eu agora):


 Precisava de um potinho decente para colocar algodão e acabar com essa pouca vergonha, rs. E queria aproveitar a páscoa para isso. Resolvi dar uma pesquisadinha na parte histórica, mas como todas as minhas enciclopédias ficaram na casa da minha mãe, tive que me contentar com o Wikipédia mesmo:

"A palavra Páscoa advém, exatamente do nome em hebraico da festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum às celebrações pagãs (passagem do inverno para a primavera) e judaicas (da escravatura no Egito para a liberdade na Terra prometida), mas também pela posição da Páscoa no calendário, segundo os cálculos que se indicam a seguir. (...)
Na Páscoa, é comum a prática de pintar ovos cozidos, decorando-os com desenhos e formas abstratas; em grande parte dos países ainda é um costume comum, embora que em outros, os ovos tenham sido substituídos por ovos de chocolate. No entanto, o costume não é citado na Bíblia e portanto, este é uma alusão a antigos rituais pagãos. A primavera, lebres e ovos pintados com runas eram os símbolos da fertilidade e renovação associados a deusa nórdica Gefjun."

Eu cheguei a pensar em incluir flores de alguma forma nesse projetinho. Eu sei que moro no hemisfério sul e que a páscoa aqui cai no outono, mas cá pra nós... minhas plantinhas quase morreram e todas as flores caíram nesse verão rigoroso e seco que tivemos. Foi só o outono chegar com as chuvas e esse climinha delicioso, que as flores renasceram todas. E quem me convence de que não estamos na época da fertilidade aqui em casa? Mas logo depois quebrei a mão, e a ideia de ir ao Saara pesquisar material estando engessada não era nem um pouco animadora. Então, tive que simplificar o projeto e ficar só com o coelho mesmo.

 Vamos precisar de:


Não tem muito mistério, é bem mamão com açúcar. É basicamente pintar a tampa, passar verniz prender o coelho com cola quente. O segredo está na tinta. Essa é uma tinta acrílica 2 em 1, que permite pintar direto, sem ajuda de primer. Eu achei mais fácil usá-la sem diluir, cobre melhor a superfície. Dei 2 demãos.
Como essa tinta é bem fosca, achei prudente usar verniz para proteger, até porque o pote vai morar no banheiro depois.
Ah, o coelho é de resina e comprei numa loja no Saara. Mas se a sua intenção for fazer um potinho apenas para algodão ou outro item, vale colocar qualquer outra coisa... pode ser outro bicho, flor, miniatura de personagem, playmobil...


Prontinho na sala, guardando alguns bombons. =)


 E depois que a páscoa passar, essa será a função que o coelhinho de colete cumprirá o resto do ano:


Bem... o "certo" seria deixar do jeito acima, mas eu não sou normal e decidi que gosto mais do jeito que está abaixo. Não porque eu queira um coelho assanhado, mas assim acho que parece que ele está fazendo espacate, daí combina mais comigo! =P  Eu avisei que não era normal! rs



Este não é um projeto exatamente original. Já vi coisa parecida na internet, porém o que eu já vi foram tampas e enfeites pintados da mesma cor e com tinta spray. E que eu me lembre, os potes guardavam doces apenas. O que eu fiz foi adaptar a ideia, pintando a tampa com um material que mais me convém, mantendo o enfeite do jeito que veio e usando o pote para atender às minhas necessidades.

Eu tô toda felizinha porque esse é meu primeiro DIY pós-gesso! Para quem ficou 1 mês sem poder sequer escrever e está com o punho e os dedos meio duros ainda, é uma dádiva dar conta de pegar um pincel sem sentir dor ou incômodo! Ieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!

Por mais que eu tenha dito que é bem simples, se tiver alguma dúvida, não se acanhe em perguntar nos comentários! ;)

Boa páscoa para vocês!

13 de abril de 2014

15 ideias para decoração reaproveitando materiais



 Todo mundo aqui curte um faça-você-mesmo, não é? Não é mistério para ninguém que eu também me amarro! Eu acho que o DIY acaba muito com a desculpa de "ah, eu não ajeito a minha casa, porque o dinheiro anda curto" e hoje em dia, com a internet à nossa disposição, o que não falta são tutoriais.
O Recicla e Decora é um blog super bacana, de decoração com reaproveitamento de materiais e vários tutoriais, conhecem?
O blog também produz ebooks para  venda, com tutoriais que te ajudem a decorar sua casa. ;) Mais um e-book, o 15 Ideias para decoração reaproveitando materiais, seria produzido e a Priscilla, que assina o blog, me convidou para participar com um projeto. Aceitei com um sorriso de orelha a orelha!
Logo assim que recebi o convite, tive a certeza de que queria algo com uma pegada não tão feminina e que queria trabalhar com azulejos. Acho que é um material que nunca falta, às vezes sobra em obras e que está super em alta. Daí nasceu essa bandeja!
Para comprar, é só clicar aqui ou no banner, na lateral direita.

Que tal uma espiadinha nos outros projetos? Aqui ó:


Além da Priscilla, me que fez o convite, aproveito para agradecer a Laura Magalhães, que teve paciência de fotografar todo o processo, e ainda pegou emprestada a câmera do pai, enquanto a minha não chegava.
Muuuuuuuito obrigada, amiga!

* Esse post não é um publieditorial, mas o blog recebe comissão das vendas geradas a partir do seu clique.

9 de abril de 2014

Como improvisar uma penteadeira


Há quase um mês comentei aqui que estava montando uma penteadeira improvisada no meu quarto. Mas por que o improviso? Bem, meu quarto tem muito mobiliário planejado, o que me impediria de fazer ajustes no espaço para caber uma penteadeira, por menor que fosse. A Rafa, do Casa Montada, teve uma ideia genial para quem tem pouco espaço (veja aqui), mas nem isso daria certo pelas bandas de cá. E eu vinha lendo que banheiro, por ser um ambiente úmido, não é lugar de maquiagem.
E agora, José?
Não tinha jeito, a única saída era usar o que eu já tinha. O mais óbvio talvez fosse dividir a penteadeira com o home office, mas este é um espaço que eu uso muito - para mexer no pc, pintar, desenhar, fazer projetinhos DIY - ia acabar me atrapalhando. Sobrou a sapateira.


 Se eu fosse a louca das makes, poderia usar todo o tampo do móvel e ter um senhor espelho. Mas essa tela, além de esconder uns fios medonhos, tem um valor imenso pra mim. Pintei no período que fiz um curso de pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, porque o professor me "obrigou" a fazer um trabalho de grandes dimensões. E ela representa a viagem mais marcante que já fiz em toda a minha vida: Peru. Ademais, eu tenho muito pouco item de maquiagem, e esse cantinho que vocês estão vendo nas fotos foi mais que o suficiente. E ainda rola puxar a cadeira do home office e me pintar confortavelmente!



Como eu montei a penteadeira?

Além do espelho de mesa, que mostrei melhor para vocês aqui, precisava de algo que guardasse os produtos. Cheguei a dar uma olhada em acessórios próprios para guardar make, mas não gostei de nenhum. Foi aí que pensei: se a penteadeira em si já é improvisada, porque não improvisar também os organizadores? Meti na cabeça que queria algo fofinho/romântico e fui atrás de uma caixa de papelão que tivesse um tamanho razoável para mim. E olha, não foi fácil não. Rodei o Saara todo, para achar essa numa papelaria no Largo do Machado.



A caixa é pequena e olha como sobrou espaço para produtos que eu venha a adquirir.


Eu já tinha essa dupla de canecas aqui em casa, ganhei de um casal de amigos quando eles viajaram e eu fiquei com a calopsita deles. Deixei a verde para os batons/gloss e a amarela para os pincéis.



Está funcional?

Está. Esse cantinho já está sendo usado na prática há umas 2 semanas, e estou amando. Além de puxar a cadeira do home office, ainda rola pegar a luminária do criado-mudo quando necessário. Muito melhor que quando tudo ficava no banheiro.

Moral da história?

Mesmo aquilo que parece impossível tem solução. Sabe aquele ditado que diz que pra tudo tem solução, menos pra morte? Pois é, acredite nisso! =)

7 de abril de 2014

Passo a passo: 3 quadrinhos


Gosto muito de enfeitar paredes. Eu particularmente acho que a casa fica mais aconchegante e dou muito valor a isso. Gosto quando o ambiente me abraça, sabe?
Sei que nem sempre podemos pagar por uma obra de arte, mas isso não quer dizer que as paredes da sua casa tenham que ficar sem mimos. Além de baixar pôsters gratuitos na internet, existem outras formas baratas e simples de você fazer seus quadros. E fiz 3 PAPs para vocês se animarem a colocar a mão na massa.

É só dar o play! =)







Gostou? Mostre para familiares e amigos. Fez igual ou se inspirou? Mostre pra gente! É só mandar foto para juliamado@gmail.com

5 de abril de 2014

De volta!



Depois de um pouco mais de 3 semanas, cá estou eu outra vez. Se você não tem facebook e ficou achando que eu abandonei o blog, explico: sofri um acidente doméstico (para não dizer que fiz burrice), dei uma porrada na prateleira do armário e quebrei a mão. Resultado: 3 semanas engessada. =/

Logo assim que isso aconteceu, postei a foto abaixo na fanpage e comuniquei o ocorrido. Mas me mantive ativa na página, com inspirações do dia e no instagram. Foi a forma que encontrei de me fazer presente e não deixar vocês totalmente sem inspirações, já que postar aqui era praticamente impossível. 


Bem, tirei o gesso, mas não estou totalmente de volta à vida normal. Ainda não rola comer com a mão direita, nem escrever com lápis/caneta. Portanto, o blog está de volta, mas não esperem um DIY elaborado (leia-se: que envolva furadeira, lixadeira, grampeador de estofador) por pelo menos nos próximos 2 meses. Nas palavras do médico: "o osso está colado, mas não inventa moda!" Ele falou isso em relação à ginástica artística, mas certeza que ele diria a mesma coisa soubesse que tenho grampeador de estofador e lixadeira em casa, rs.

Para marcar a volta, resolvi fazer um resuminho do que rolou no instagram nesse período (já segue lá? @casadeamados)


Cantinho do buffet, logo na entrada da casa./ Não foi nada fácil não conseguir fazer quase nada. Para não enlouquecer, resolvi pintar com a mão esquerda usando pastel oleoso. E não é que deu certo? Rosa inspirada no Pequeno Príncipe. / Cantinho inspirador e aconchegante na casa da mamãe./ Um pedaço da minha cozinha, com azulejos de papel adesivo e ímãs que me identificam.


Mais uma tentativa de pintar com a mão esquerda, usando pastel oleoso./ Cachaçaria-restaurante que conheci na última viagem a Tiradentes, em agosto de 2013./ Como estava com a mão imobilizada, tive que fazer as unhas no salão. E fiquei apaixonada por esse piso da Esmalteria Nacional./ Fragmento querido daqui de casa: sempre vivas,  abajur da vovó e cúpula de renda!


E para finalizar: muito obrigada aos leitores queridos que deixaram mensagens carinhosas, me desejando melhoras tanto na fanpage, como no instagram. Todas essas mensagens foram um alento para meu coraçãozinho! ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...