Personare Ads

31 de agosto de 2015

Frases do Histórias de Casa: para refletir um pouco sobre sua casa





Vocês já estão cansados de me ouvir falar que decoração é, na verdade um processo de conhecer a si mesmo. Afinal, como ter uma casa com a nossa cara, que reflete a nossa personalidade, se não soubermos quem somos, se não valorizarmos a nossa história, se não assumirmos nossos gostos?
Sou do time que defende que de nada adianta ter uma casa alinhada com as últimas tendências, tentar reproduzir tudo que se vê por aí: o ser humano é único, e por mais que encontremos pessoas afins, nunca seremos iguais.
Acho que é por isso que me tornei fã do blog Histórias de Casa tão logo foi lançado. Porque ele tem a preocupação de mostrar casas de verdade, sem cara de casas de catálogo, de pessoas reais, que contam suas histórias através da decoração. E ver casas sendo construídas com memórias, com amor, com afeto é uma coisa que me inspira muito e vai de encontro ao que acredito.

Além das casas que são mostradas toda semana, divididas em 2 capítulos, uma coisa que eu gosto muito do Histórias de Casa são as frases que são publicadas nas redes sociais todos os domingos. Frases carregadas de significados e passíveis de reflexão sobre os atos de decorar e morar.

Se vocês aceitam um conselho meu, aí vai: fiquem sempre ligados no História aos domingos. Reflita sobre a frase lançada por alguns minutos. De que forma essa frase dialoga com você? Ela faz algum sentido para você e para sua casa? Por quê?

Segue algumas que eu selecionei, para você ter uma ideia do que estou falando:







Vamos pegar a primeira frase para começar o debate:

Para quem é de fora do Rio se situar sobre o que falarei em seguida: o Jardim Botânico é um bairro da zona sul carioca, agarrado a uma floresta e tem uma atmosfera bem bucólica.  E a Barra da Tijuca, localizada na zona oeste da cidade, tem um clima mais modernete, onde se vê mais pessoas andando de carro que a pé.  E por ter um estilo de vida tão diferente, é comum cariocas nascidos e criados na zona sul e na zona norte dizerem "Barra não é Rio".

Bem, eu não me lembro exatamente como surgiu o assunto, mas no primeiro módulo do meu curso de design de interiores, tive uma professora que defendeu que ter uma casa bucólica na Barra não fazia o menor sentido, que isso significaria ter um cenário em vez de uma casa. Nunca consegui concordar com isso! Fiquei pensando cá com meus botões:

- Se o sujeito já está frustrado, porque o dinheiro não deu para comprar o apê dos sonhos no Jardim Botânico e comprou na Barra, porque foi onde ele achou um imóvel que coubesse no bolso, vai ficar frustrado duas vezes! Uma por não conseguir morar exatamente onde queria, outra por não ter o interior dos sonhos!

Na minha concepção, casa é um lugar para nos abraçar, para acalentar nossos sonhos... então se para nos fazer felizes, a casa precisa parecer um cenário, que assim seja! E se a alma da casa for verdadeira, se ela refletir a personalidade e atender as necessidades de quem ali mora, ela jamais será um cenário.
Tirando algumas coisas óbvias como conforto térmico (não invente de ter uma manta de lã no sofá no verão carioca, pelo amor! rs), acredito que a decoração deve refletir muito mais quem somos que onde moramos.


Para ver mais frases (tem mais um montão para te inspirar):



 E você, tem alguma história para contar ou alguma coisa para debater diante de alguma dessas frases?



*Imagens: Histórias de Casa.

26 de agosto de 2015

Dicas rápidas: 3 formas de decorar mesa de jantar


Acredito que todo mundo pensa num vaso com flores - de plástico, só para constar, hehe - quando o assunto é decoração de mesa de jantar. Mas não precisa ser sempre assim! E é esse o assunto do vídeo de hoje.

Diga abracadabra pra começar. Ops! Dê o play aí, e depois volte pra gente papear um pouco mais! =)


 


A minha mesa de jantar atualmente está decorada como mostra a opção 1. Mas estou super tentada a usar a opção 2 por uns tempos: além de eu ter adorado o caminho que fiz com jogo americano para a primeira edição da Oca Pop, tô muito in love com essas garrafinhas vintage, que achei no 1,99 pertinho de casa. 

E você, como decora sua mesa de jantar? Se não tiver uma, balcão também serve!  

24 de agosto de 2015

Casa de Amados na Revista Oca Pop: como fazer caminho de mesa


Quem segue o blog nas redes sociais já está sabendo, mas sei que tem uma galera aversa a redes sociais e me acompanha só aqui no blog mesmo: tô na revista Oca Pop! (Aliás, alguém reparou no banner que está ali, no ladinho direito há alguns meses?)

Mas o que é a Oca Pop?

É uma revista digital gratuita, criada por três das minhas companheiras de DIY Coletivo: Erica, Carla e Karen. É uma revista diferente do que você está acostumado a ver: ao invés de contar com jornalistas, a Oca tem colaboradores, que são pessoas que produzem conteúdo para a web. 
Recebi o convite para ser colaboradora em abril, e para a primeira edição, que foi ao ar na última quinta feira, dia 20, produzi um caminho de mesa que você pode fazer em menos de 5 minutos! Juro! Não é conto do vigário não! rsrsrs

Para ver a primeira edição completa, clique aqui. Pegue um café ou um chocolate bem gostoso, porque as matérias estão todas supimpas, vale a pena sentar e saborear!

"Ah, Ju, mas eu não tenho tempo de ler tudo de uma vez.... preciso ir lendo um pouquinho a cada dia." Tem problema não, para isso tem solução. Você pode selecionar a matéria que você quer ler aqui

Dê uma volta por lá e depois volte para me contar: tá de cair o queixo, não tá? 


E já que estamos falando de revista, o blog foi mencionado na sessão "Tá na Web", da Revista Casa Linda. Felicidade define! <3
Obrigada por me avisar, Maria!



Quem fizer o caminho de mesa, já sabe, né? Conta pra mim e pras meninas da Oca Pop! Vamos todas dar pulinhos de alegria, garanto! =P

Boa semana!

20 de agosto de 2015

Inspiração: detalhes na decoração, por Amarelo Fotografias

Acho que não é segredo para ninguém que o instagram é a minha rede social preferida. É lá que eu busco a minha dose de inspiração diária, sobretudo pela manhã. Afinal, nada como começar o dia com imagens inspiradoras que podem te fazer sorrir, ou até mesmo, dar um estalo para um determinado trabalho, para uma ideia, e até para a vida. 

Foi através do instagram, que meses atrás, eu e a Marcelle conhecemos o trabalho uma da outra e trocamos uns e-mails. Sentimos uma certa afinidade dos nossos trabalhos, até porque fizemos a mesma pós graduação, em épocas diferentes. 

A Amarelo Fotografias tem como proposta a poesia. Poesia através das fotos. Agora me diz se tem como fotos poéticas não transmitirem a sensação de que foram feitas com amor? Tem não. E aqui eu gosto de mostrar coisas feitas com amor. Então, a partir de agora, de vez em quando vocês poderão ver fotos de detalhes feitas pela Amarelo Fotografias.

Essas fotos abaixo são de um casamento, cuja decoração foi feita pelo Oh! Lindeza. Repare que tem muita coisa que pode ser reproduzida em casa, e mesmo aquilo que não dá, a atmosfera poética sempre dá para captar e aproveitar de alguma forma!









Tudo inspirador, né?

Marcelle Manacés é graduada em arquitetura, pós graduada em história da arte e fotografia, e é mestranda em artes. Você pode conhecer mais sobre o trabalho da Amarelo Fotografias através do flickr e do instagram.

E para conhecer mais o trabalho da equipe Oh! Lindeza, você pode clicar aqui.

17 de agosto de 2015

Faça você mesmo: ideias para decorar vaso com washi tapes



Se tem uma coisa que eu acho muito prática nesse universo do faça você mesmo são washi tapes. É impressionante quando a gente para e pensa nas possibilidades que uma fita colorida e/ou estampada pode nos dar. 

Aqui em casa, as suculentas que ficam na varanda do quarto estão todas em vasinhos decorados com tinta cobre e verde pastel e com bolinhas de contact, como já mostrei aqui. Mas as que ficam na varanda da sala estavam como vieram do mercado: em vasinhos de plástico preto e sem graça.

Peguei meus rolinhos, e.... aperte o play para ver o que eu fiz!




Fiz uma versão colorida e uma em p&b para mostrar que é possível agradar a diversos gostos, basta escolher uma fita que dialogue com você!




Você já decorou vaso de planta alguma vez? E já usou washi tape para a algum projetinho de 5 minutos?

10 de agosto de 2015

DIY Coletivo - Upcycling: Como fazer porta controles


O tema do DIY Coletivo desse mês é um dos meus preferidos: upcycling. Adoro dar novos significados ao que iria para o lixo, e o que não falta na minha casa são exemplos de reaproveitamento. Mas uma das regras do DIY Coletivo é que o projeto tem que ser feito especialmente para a edição vigente. Então, teria que procurar um lixo novo, criar algo novo. E meu tempo livre deve estar valendo bem mais que diamante, de tão raro que está. Então, teria que ser um projeto de no máximo 10 minutos que desse para fazer rapidinho num sábado à noite. E teria que me contentar com as fotos feitas sem luz natural. Aliás, você notará que as fotos estão com muita sombra, e algumas estouradas em algumas partes, mas é que como já estava escuro, eu precisava da luminária de mesa para enxergar o que eu estava fazendo e não tenho rebatedor.

Eu não queria algo para decorar. Queria algo que fosse útil. Me dei conta de que meus controles SEMPRE ficam jogados no sofá. Mentira, sempre, não. Quando chegava visita, eu escondia atrás de uma das portas do rack. Então, porque não unir o útil ao agradável e fazer um porta controles? Foi assim que usei uma caixa de cereal para pôr ordem no sofá.

Como fiz o projeto no susto e na correria, não tem foto dos materiais. Mas anota aí:

- Caixa de cereal (ou qualquer outra que possa caber seus controles)
- Régua
- Caneta ou lápis
- Tesoura
- Fita crepe
- Cola instantânea
- Tinta


Vamos ao passo a passo?


Passo 1: Observe se seu projeto ficará melhor usando a caixa em pé ou deitada, e usando os próprios controles e uma caneta, calcule a altura média do seu porta controle.

Passo 2: Meça a altura média que você calculou. E remarque essa altura no decorrer da caixa, fazendo um tracejado.

Passo 3: Recorte usando o tracejado do passo 2 como referência.

Passo 4: Com a cola instantânea, una as abas do lado que possa ter ficado solto. No meu caso, como usei a caixa deitada, uma das laterais, que antes era a parte de cima (a que abrimos para pegar o cereal), estava aberta.

Passo 5: Passe fita crepe em toda a borda. Ela vai impedir que a borda fique com textura de papel recortado, sabe?

Passo 6: Hora de pintar! Eu recorri ao spray, porque precisava ganhar tempo, e para pintar com tinta comum, eu sentiria necessidade de cobrir toda a caixa com folhas de jornal ou livro velho, para fazer uma espécie de base. 

IMPORTANTE: Essa imagem do spray no meu home office, que fica no quarto é só pose para foto. Pintei na varanda, forrando boa parte de um cantinho, e ainda coloquei o porta controle dentro de uma caixa de papelão e pintei lá dentro (sugestão maravilhosa que recebi de um comentário no Youtube). Nunca, em hipótese alguma, use tinta spray no quarto onde você dorme.  Só fiz essa foto no quarto porque estava um bréu lá fora.

Agora você pode ter um porta controle para chamar de seu. Mas essa história de salvar coisa do lixo não parou por aqui:


A garrafinha é de um licor de trouxe de Óbitos, Portugal, em agosto de 2014. E essas florezinhas vieram no embrulho de alguma embalagem de presente. Pretendo deixar só a garrafinha com a tampa original, e colocar uns musgos dentro. A foto com a flor foi só para mostrar que até partes de embrulhos podem ser salvas do lixo! =)


TUDO que está na foto acima foi salvo do lixo: caixa de cereal, flores de embrulho e garrafinha de licor. =)



Salinha organizada, sem controles jogados no sofá! =) Reparou que nessa mesinha tem outras coisas que escaparam da lixeira?

- A mesa é de carretel de fios, e o passo a passo dela está aqui.
- O vidro que abriga as pétalas aromáticas era vidro de qualquer coisa comestível. Falei sobre esse DIY aqui.
- A planta é um buchinho que matei, mas achei ele tão bonito morto que resolvi exibi-lo na minha sala. (Sim, eu sei que essa frase soa macabra! hahaha).


As inspirações do Coletivo não param por aqui, não! Dá só uma olhada no que as outras meninas fizeram:

Pot pourri da Karen


















PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM!

 Este post faz parte do projeto DIY Coletivo da Equipe SOS Decor. Pra ficar por dentro de todas as blogagens, ou participar das próximas edições, basta ficar ligado na fanpage do Facebook  ou no nosso perfil no instagram.

3 de agosto de 2015

Resumo do mês: julho


Julho costuma ser um dos meus meses preferidos do ano. É nessa época que fica um climinha tão agradável por aqui, e tirando os cactos, minhas plantas ficam tão mais felizes. É quando todas as minhas flores desabrocham, tenho 3 mudinhas de azaléias, e todas estão floridas! É quando posso tomar um chocolate quente com nutella enquanto escrevo um post. É quando posso trabalhar com relativo conforto. É quando os insetos não se aproximam muito. 
Mas esse julho não foi lá muito fácil. Foi desgastante. Tem umas 3 semanas que estou tendo aulas de segunda a sábado. Cheguei a ter aula num domingo, inclusive. Com isso, emendei duas semanas sem uma trégua. Foi por isso que sumi na semana passada. 

Explicação dada, vamos ao que interessa: o resumo do que rolou por aqui no mês passado.



Qual foi o seu post preferido? Conta pra mim, vai! ;)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...