Personare Ads

28 de outubro de 2015

Casa de Amados no Tu Organizas: Como consegui deixar minha casa com minha cara em 10 projetos




Sabe quando você fica com um sorriso enorme no rosto, daqueles que chega até a doer os músculos da face e com o coração nas nuvens? Foi assim que fiquei quando recebi o convite da Nina Braz, para escrever sobre 10 projetos que fiz para minha casa no Tu Organizas, um blog que tanto admiro e onde aprendi muita coisa. 

Assim sendo, o meu post de hoje não é aqui. É lá no Tu Organizas, e estou aqui para comunicar a galera que me acompanha fora das redes sociais. 

Espero vocês por lá! E não deixem de me contar o seu projeto favorito! ;)

26 de outubro de 2015

DIY - Por uma vida mais doce: como fazer pôster


Algum tempinho atrás, cheguei em casa e encontrei um envelope me esperando na portaria. Fiquei na expectativa porque não estava esperando nada naqueles dias. 

Ao abri-lo, meu coração foi inundado por um sentimento tão bom que não sei explicar. Era um presente da Gabi, que escreve no blog ScrapBi, e tem uma lojinha - que funciona num grupo do facebook - onde ela vende materiais de scrap. Eram cupcakes para eu fazer as fofuras que eu quisesse e deixar a vida mais fofa, como a Gabi costuma dizer. E veio também um bilhete lindo, cheio de carinho. Tem como não sorrir diante de um presente desse, gente? Tem não!

Fiquei algum tempo pensando no que fazer com os cupcakes. Mas como eu não queria que eles fizessem parte da decoração da cozinha, e sim, que eles tivessem uma pegada motivacional, que pudesse ficar em qualquer ambiente, resolvi fazer pôster. Meu primeiro pôster, para falar a verdade! =)

Foi bem simples e bem gostoso de fazer! Bora ao passo a passo? É só dar o play! ;)




E aí, gostou? O que você teria feito com os cupcakes? Já fez algum pôster? Como? Conta pra mim, vai! ;)

22 de outubro de 2015

Antes e depois: 3 dicas para deixar sua sala mais leve




Se tem uma coisa que eu adoro é procurar antes e depois dos ambientes e ficar um tempão analisando as imagens. Independente de ser em casa de gente tipo o Tio Patinhas ou não, eu gosto de matutar de que forma aquela mudança pode ser acessível. E acredite: eu sempre encontro uma (ou algumas) forma (s). Isso me deixa feliz, porque me ajuda a propagar a mensagem que eu tanto acredito:  
 
SIM, decorar é possível! SIM, decorar é para você! SIM, decorar é para todos nós!
 
Hoje eu trouxe uma sala - que é o ambiente por onde muitos começam a decorar, por ser a área social de uma casa - que é da antiga casa da Elsie, fundadora do blog A Beautiful Mess
Antes de ler as 3 dicas que extraí dessa sala, preste atenção em cada uma das fotos, e tente captar você mesmo alguma sugestão:




Já analisou as fotos? Sim?!

Bora às dicas então!


1) DEIXE A LUZ ENTRAR

A não ser que você seja um colecionador de arte que deseja ver as obras que você comprou atravessando várias gerações, deixe a luz entrar. Um ambiente claro te ajuda a economizar na conta de luz - falo isso pelo meu home office, consigo trabalhar com a luz apagada durante boa parte do dia e minhas contas vêm baixinhas, baixinhas no mês seguinte (mesmo depois do aumento que tivemos esse ano, juro!). 
Além de ser amigo da sua conta de luz, um ambiente claro passa a sensação de ser mais arejado, e nada melhor que estar num ambiente que não apenas o ar circule, mas que você tenha a sensação de que ele circula.
Nesse caso, as janelas são as mesmas - que eu saiba, não houve obra para abrir uma nova janela - então qual foi a solução que a Elsie arrumou? Paredes claras e cortinas mais leves.


2) DÊ ESPAÇO AOS MÓVEIS MAIS LEVES

Não estou dizendo que você deve se desfazer dos seus móveis pesados e antigos. Eu também adoro móveis assim. Mas usar SÓ móveis brutos e robustos pode deixar o ambiente carregado. Balancear traz equilíbrio, e deixa o ambiente mais suave.
Nessa foto do depois não dá para ver, mas no post original, que tem mais fotos, você verá que há algumas referências sutis a outros tempos.


3) O CONTRASTE É SEU AMIGO

Repare que na sala de antes não há contraste. Apesar do ambiente não ser exatamente monocromático - temos vermelho, bege, marrom, laranja - nenhuma cor se destaca, passando uma sensação de monotonia. E depois, o ambiente não tem tanta variedade de cores, mas elas contrastam entre si, e consequentemente, se destacam, e o lugar ficou muito mais cheio de vida. 


*Fotos e post original: A Beautiful Mess. Aceite minha sugestão e visite o post original: tem muito mais fotos (liiiiiiindas por sinal!) outros ângulos, e também o processo de transformação da sala. Vale a pena!


E aí, segue alguma dessas dicas? Eu sigo todas! =)

20 de outubro de 2015

Como ter uma cozinha mais divertida: minha vitrine no brandzapp



Que eu não gosto de cozinhar quase todo mundo sabe. Porém, depois que a minha vida passou a ficar muito mais corrida, em março desse ano, percebi que estava ficando sem energia. E acabei entrando num processo de transformações internas, e com isso, a minha preocupação com a alimentação mudou um pouco. Passei a ter mais vontade de cozinhar em casa, e ter mais controle do que estou comendo. Só que continuo sem gostar de cozinhar.

Por isso, quando o Brandzapp me convidou para fazer uma vitrine, achei que faria todo o sentido fazer uma seleção de produtos de cozinha inusitados, de forma que o ato de cozinhar fique mais agradável. Afinal, é muito mais divertido olhar para uma lixeira que tenha algum significado para você, do que para uma comum, não é mesmo?

Mas, Ju, peraí... o que é Brandzapp? - você pergunta.

Ooooops! Faltou explicar direitinho, né? Senta aí e presta atenção, porque é bem legal! =)

O Brandzapp é um aplicativo brasileiro que permite que você tenha uma vitrine móbile no seu celular. Todos os dias tem 3 novas seleções, e a cada terça e sexta tem uma seleção de blogueiros e influenciadores. Tem seleção de objetos de decor, de moda, de produtos de beleza, etc. 

Você gostando de algum produto das seleções, pode comprá-lo pelo aplicativo mesmo, e ao interagir com o app, você vai ganhando pontos, os BZ$, que podem depois, ser trocados por recompensas, numa aba específica. 

Além de ser super cômodo para o comprador, é super inspirador também. Adoro ver as seleções diárias, às vezes acabo conhecendo produtos novos que me interessam. =) 

O app pode ser baixado em IOS e Android, basta clicar aqui embaixo:


Agora que você já se interessou pelo app e já baixou, que tal conferir a minha seleção? Depois me conta qual foi o seu produto preferido!


*Postagem com conteúdo comercial.

15 de outubro de 2015

Inspiração Morar mais por menos Rio: 5 ambientes, 7 dicas de decoração

Foto: Ana Cantarini/ Casa doce casa. Da esquerda para a direita, de cima para baixo: Ana (Casa doce casa), eu, Karen (Pot Pourri da Karen), Tati (Bangalô da Tati), Thamyrez (Casa Design Studio) e Glenda (Ateliê bora pra casa).

Que eu iria ao Morar Mais Rio era óbvio. Vou quase todo ano. Só não sabia que acabaria indo para um encontro de blogueiras, e que a visita, que geralmente faço em 2 horas, se estenderia pela tarde inteira, entrando pelo início da noite. Gente, era uma energia tão boa a que circulava ali, entre nós, que não dá para explicar. 

Falando da mostra em si, está incrível! A grande maioria dos ambientes mostram ideias super acessíveis, que dão para colocar na sua, na minha casa, enfim, em casa de gente comum. Vou mostrar aqui alguns dos que mais me chamaram a atenção - apenas alguns poucos só para vocês sentirem o gostinho. Super vale a pena a visita fora da esfera virtual, e conferir cada detalhe com seus próprios olhos, porque é cada detalhe, que dificilmente a gente consegue dar conta de tudo. Naturalmente você será atraído por aquilo que se identifica mais. Isso ficou muito claro no nosso grupo: cada uma de nós notava coisas diferentes. Se a Thamyrez reparava na luminária x, eu notava a y, a Karen fotografava um boneco numa estante, e por aí vai. Olhar é uma coisa tão particular, que eu não tenho como reproduzir aqui o seu olhar. Por isso, aceite meu conselho: visite a mostra! Vai até dia 2 de novembro.


APÊ AMERICANAS.COM/ GARIMPORIO


De todos os ambientes, acho que o que eu mais gostei foi o apê Americanas.com, montado pelas meninas do Garimporio. 
Acho que a primeira vez que ouvi falar desse escritório, foi no blog Referans, da Revista Glamour, escrito por Bruna Lourenço. Me apaixonei tanto pelo projeto mostrado pela Bruna, que não tive como esquecer. Um ambiente com uma pegada meio industrial, meio rústica, mas também com uma dose de delicadeza e aconchego. 
Pouco tempo depois, as meninas que comandam o Garimporio: Natasha Frota, Rafaela Lucena e Andrea Brito, deram uma palestra para a minha turma, no curso de design de interiores. Depois daquele dia, eu, que já tinha me encantado com o trabalho delas, passei a acompanhá-las de verdade. Daí, quando elas anunciaram que montariam um ambiente no Morar mais, eu fiquei na expectativa de ver de perto! E posso dizer que não me decepcionei! =)



COZINHA DO CHEF REVISTA QUEM/ MIGUEL CAPANEMA E NATHALIA BERTOLI

Okay, uma cozinha desse tamanho não é a minha realidade. Minha cozinha é daquelas tipo corredor, tão comuns em apartamentos da década de 80 em diante. Mas e daí? Lembre-se: inspiração é para nos inspirarmos e não para copiar. E para mim, essa cozinha é muito inspiradora. Pensa só comigo:

  •  Porque temos que ter sempre azulejos até o teto? Quem foi que disse que isso era obrigatório? Porque não investir meia parede em azulejos estilosos e pintar o resto com uma tinta que faça contraste, ou até, combinando, dependendo do seu gosto?

  • Nem sempre precisamos apelar ao branco. Sou fã de branco, assumo. Mas ele não precisa ser nosso único amigo. Talvez para ir contra as cozinhas em que crescemos, nas décadas de 80 e 90 (azulejo bege + armário bege - levanta a mão quem foi criado numa grande paleta bege! o/ ), tenho visto muita gente apelar para uma cozinha toda branca. Mas madeira escura e cores fortes são capazes de tirar o ambiente da monotonia e ainda trazer aconchego. 

  •  Pode decorar cozinha? PODE, PODE, PODE! Não sei porque raios as pessoas decoram quarto, sala e deixam a pobre da cozinha pra lá. Tem gente que vem aqui e casa, e diz, espantado: "Gente, você decorou a sua cozinha também?!".



ESTÚDIO DO FOTÓGRAFO/ RBP ARQUITETURA E INTERIORES

Não deve ser mera coincidência o fato de eu ser pós graduada em fotografia e ter amado esse ambiente! =P
Rsrsrs, brincadeiras à parte, eu amo madeira clara, amo cinza, amo tijolinhos, como não amar? Só teria feito outra coisa no frigobar porque eu não bebo, e talvez colocasse uma pitada de cor já que eu não sou tão neutra assim, mas moraria aí fácil, fácil.

  • Uma coisa que me chamou muito a atenção nesse espaço é que ele quebra o conceito de que ambiente pequeno tem que ser claro. Não tem. Só se você for amante das cores claras. O que seu espaço tem que ser é bem aproveitado e ser funcional, estar de acordo com seu estilo de vida.

  • Sair do lugar comum pode criar um efeito bem interessante: já cogitou não cobrir a parede inteira com tijolinhos?



LAZER DO RIO/ RICARDO PORTILHO

Acho que não tem muito o que falar desse ambiente: TODO mundo sabe que sou suspeita porque amo cactos infinitamente! Agora imagina um bando de cacto junto, com o Corcovado ao fundo, numa imagem tipicamente carioca: tem como não morrer de amores? Tem não, gente!
Na minha coleção é tudo baby, mas um dia eu chego lá! =) Alguém aqui tem coleção de cactos grandes assim?



QUARTO DA BEBÊ MENINA/ GRÃO ARQUITETURA

Uma das coisas que mais me incomodam na decoração é quarto de criança, sobretudo de bebê. Ou as pessoas fazem um quarto temático demais (e padrão demais também - azul para meninos e rosa para meninas), que perde todo o sentido quando a criança cresce um pouco mais, e os pais acabem sentido necessidade de praticamente criar um quarto novo. Isso gera desperdício de tempo, dinheiro e material. Ou não decoram o quarto do bebê, com medo de "perder" a decoração cedo demais. Esse quarto tem algumas lições interessantes que podemos tirar:

  • Quarto de menina não precisa ser rosa. Não precisa ter decoração de ursinhos fofos. Também não precisa ter mobiliário branco. O papel de parede também não precisa ter estampas pequenininhas e fofinhas. Não tenha medo de sair do lugar comum.

  • O quarto de bebê pode ser projetado já levando em conta o crescimento da criança, evitando mais gastos e desperdício. Repare que esse quarto já tem uma cama baixinha, que é ótima para crianças pequenas. Bastaria retirar o berço, e transformar o espaço num canto de brincar ou então, colocar uma mesinha para a criança desenhar, pintar, montar, etc. 



E aí, gostou das dicas? Dos ambientes que mostrei aqui, qual o seu favorito? 
Para quem foi na mostra: qual dos ambientes que você viu, você mais gostou?

* Todas as fotos dos ambientes foram oferecidas pela assessoria do Morar mais por menos.

*Mais imagens, sob o olhar especial de Ana Cantarini, aqui.

*Todos os nomes das empresas/ profissionais são clicáveis e te redirecionam à página deles. No entanto, alguns sites estavam fora do ar no momento em que escrevia este post, então nesses casos, os links te levam às redes sociais das mesmas.

13 de outubro de 2015

DIY Coletivo: nossa velha infância - como fazer pôster com washi tapes sem medo de ser feliz



Outubro é conhecido por ser o mês das crianças. Por isso, o tema do DIY Coletivo dessa vez é "nossa velha infância". Diferentemente do ano passado, quando transformamos brinquedos em objetos de decor, a proposta desse ano é criar uma arte fácil com o que der na telha, sem medo de errar, sem medo de julgamentos, exatamente como uma criança faria. Em outras palavras: a ideia é colocarmos para fora a criança que ainda há dentro de nós! =) Em função disso, dessa vez não é obrigatório que o projeto seja um objeto de decor.

Resolvi que queria fazer um pôster com washi tapes. Tenho uma quantidade satisfatória delas, são fáceis de usar, então achei que seria super tranquilo soltar meu lado infantil com elas. Decidi que faria uma casa. Primeiro, porque casa tem um significado forte para mim: ela representa a realização de um sonho de infância, o início da minha independência financeira, e o processo de autoconhecimento. Segundo, porque quase toda criança gosta de desenhar casas, pelo menos as da minha geração gostavam. 


Bora começar? Anota aí os materiais:



Dessa vez não terá exatamente um passo a passo, porque é um projeto ridículo de fácil, que até criança de 3 anos consegue fazer. E também porque não há certo ou errado aqui: cada um é livre para fazer o desenho que quiser, do jeito que quiser. As fotos abaixo apenas mostram algumas etapas do processo, para vocês verem como desenvolvi a minha ideia, e se inspirarem. O legal desse projeto é justamente as possibilidades infinitas de criação que ele proporciona. ;)










Como vocês podem ver, no meio do processo, acabei me lembrando dos meus adesivos e tive vontade de usá-los também.




Tem cachorrinho na janela,
gatinho no telhado,
coruja na árvore,
galinha e pintinhos no jardim,
e corações transbordando pela chaminé!

É muito amor! <3 



E antes que me perguntem, já que sempre me perguntam:

ONDE COMPRAR WASHI TAPES:

No Rio: Caçula e Casa Cruz (as marcas são Toke e Crie, e Scotch).
Na internet: Toda Coisinha e Veio na Mala.
Na Europa: Tiger.

ONDE COMPRAR ADESIVOS:

No Rio: Papelaria Jardim Largo do Machado
Na internet: ScrapBi


Continue se inspirando, espie o projeto das outras meninas:

Casa Design Studio
Feita com muito esmero













Home Sweetener
The Blue Post
















 

                             PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM!

 Este post faz parte do projeto DIY Coletivo da Equipe SOS Decor. Pra ficar por dentro de todas as blogagens, ou participar das próximas edições, basta ficar ligado na fanpage do Facebook  ou no nosso perfil no instagram.

8 de outubro de 2015

Projetinho de 5 minutos: como decorar com vidro de perfume




Projetinho de 5 minutos em vídeo, quem não curte? Nada melhor que poder decorar a casa mesmo quando a gente está correndo contra o tempo - tipo eu agora - não é mesmo? E se for sem gastar um centavo, só reaproveitando coisas, melhor ainda!

Um dos meus perfumes do dia a dia acabou, e apesar de simples, eu gosto do design da embalagem e fiquei com pena de jogar fora. E não é que andando pelo meu "jardim", percebi que se catasse as flores e folhas secas, teria uma quantidade considerável para ter isso aí.

Isso o quê? Venha, aperte o play e descubra! :P




Eu coloquei no banheiro por sugestão da Gabi, a diretora dos vídeos desse blog, e adorei a ideia. Achei que super combinou com esse difusor que ganhei algum tempo atrás. Mas você também pode colocar no home office, na decoração da estante, ou em cima de algum livro apoiado sobre a mesa de centro.  Sempre podemos testar e descobrir novas possibilidades. ;)




E aí, gostou? Já sabe, né? Se fizer igual ou parecido, se adaptar a ideia, me mostra! Manda e-mail, coloca nos comentários do facebook, me marque no instagram! Eu fico com um sorrisão de orelha a orelha! rs.

Inspirem-se a aproveitem o feriadão para colocar a mão na massa! Eu também vou produzir por aqui! 

2 de outubro de 2015

Resumo do mês: setembro



Fazendo a lista desse mês é que me dei conta que setembro foi o mês dos DIYs aqui no blog. Apenas um post não foi de DIY. Não foi intencional, juro! Mas eu até acho que faz sentido, já que nós aqui amamos decor acessível e colocar a mão na massa, não é mesmo?
Se você também não tinha reparado nisso ou perdeu algum post, ei-los:


E aí, qual foi o seu post preferido de setembro? 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...