Personare Ads

Mostrando postagens com marcador cozinha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cozinha. Mostrar todas as postagens

9 de maio de 2017

Vi.vre - 16 dicas da decoração mais bonita e acolhedora da serra fluminense



Quem já conhece e acompanha o Vi.vre no instagram levanta a mão! o/

Para quem ainda não conhece, o Vi.vre é um apartamento de campo localizado em Itaipava, distrito de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Eles alugam por temporada, e de tempos em tempos, eles mudam toda a decoração do apê, com a ajuda de parceiros desse maravilhoso mundo da decor e do faça você mesmo. Foi o que aconteceu recentemente. Remodelaram a decoração, e lançaram a temporada Poésie. O lançamento aconteceu no último sábado, e eu estive presente. E que honra! Além de poder conferir de pertinho cada detalhe maravilhoso da curadoria da Elaine Vidal, que comanda o Vivre, tive um sábado delícia ao lado de pessoas queridas - além da própria Elaine, a Karen (do Pot Pourri da Karen e Revista Oca Pop), a Iná (Nosso Apê), a Tha (Casa Design Studio e que também trabalha comigo na Lápiz Decor), e a Talita (Inside the Office). Sabe um daqueles dias que a gente vai guardar com carinho no coração? Pois é, esse sábado foi um desses!

Trouxe algumas fotos para esse post! Tem muito mais que isso, e vou liberando aos poucos no Instagram. Vejam com calma, porque a Elaine é muito cuidadosa com os detalhes, então tem muita ideia boa por aqui! ;)

A começar, pela primeira foto aí em cima, o que você notou?

1) A PORTA PODE SER PINTADA DE UMA COR DIFERENTE

Tradicionalmente as portas são de madeira ou brancas. Ou então, em menor escala, pintadas da mesma cor que a parede. Mas destacar a porta com uma cor diferente pode criar um efeito bem interessante. No Vi.vre, foi usada uma cor mais discreta, mas se você preferir, também pode recorrer a cores mais vibrantes. 


2) RACK FEITO COM ENGRADADOS DE PLÁSTICO

Quando não se tem tanta coisa para guardar, engradados podem resolver o problema. Sejam colocados diretamente sobre o chão, seja colocando pés - existem tutoriais na internet que te ajudam nessa tarefa. Podem ser usados em pé ou deitados, fica ao gosto do freguês. 


3) VASINHOS MENORES PODEM SER COLOCADOS NO CHÃO, PORQUE NÃO?

Quando falamos em plantas dentro de casa, imaginamos logo uma planta maior apoiada no chão, ou então, em vasinhos menores colocados em janelas, mesas, etc. Mas sair do lugar comum costuma ser bem legal. Que tal uma composição de pequenos vasos no chão? Só tome cuidado para que esteja fora de circulação, afinal, a gente não quer ninguém caindo e levando tombos, não é mesmo? 

4) SIM, VOCÊ PODE TER DUAS PAREDES COM ESTAMPAS DIFERENTES NUM MESMO AMBIENTE

Tudo bem que nesse caso, uma estampa está na sala, e outra na cozinha, mas como os ambientes são integrados, elas se misturam. Porém, sem perder a harmonia. Não é regra - eu não defendo regras, você sabe - mas uma dica que pode ajudar é escolher pontos em comum entre as estampas: nesse caso, as mesmas cores e uma padronagem geométrica. 



5) PARA QUEM AMA COBRE E TONS METÁLICOS, ELES NÃO PRECISAM VIR NOS DETALHES. ELES PODEM APARECER NOS MÓVEIS

Sim, tons metálicos podem vir nos móveis, mesmo que não sejam cromados. É que nem eu e aaaaaaamaaaa cobre? Porque não um banco cobre na sua cozinha? Hein, hein? Se estiver com medo de criar um ambiente frio, cheio de "não me toques" , basta atentar à composição e misturar com elementos mais acolhedores, como a madeira, por exemplo.

6) HÁ QUEM DIGA QUE PAREDE DE LOUSA JÁ DEU. MAS.... E DAÍ?

De tempos em tempos surgem umas modas na decoração. Nada contra, elas nos ajudam a descobrir novas possibilidades. Mas elas não devem ditar as regras da nossa casa. Então, se a moda passar, pouco importa. O importante é o que funciona para você, para sua casa. Se tem algo que faça você sorrir cada vez que olha, mantenha, mesmo que já esteja "ultrapassado". Entre aspas, porque quando se trata de estética na decor, isso não existe. Existe o que te faz feliz. 


7) COZINHA PODE TER CORES FORTES SEM SEREM EXCESSIVAMENTE COLORIDAS

Nem todo mundo é um fã assumido de múltiplas cores. E está tudo bem. Mas isso não significa que, necessariamente, você precisa ter uma cozinha toda branca se for desse time. Note que nessa cozinha o armário é amarelo, mas apesar de ser um "detalhe grande", ela é predominantemente p&b. 


8) TEXTURAS NATURAIS TRAZEM ACONCHEGO

Para eu me sentir bem num ambiente, a decoração para mim tem que trazer algum aconchego. Gosto muito de ambientes que me façam me sentir abraçada, sabe? 
Texturas naturais ajudam muito nisso! Madeira é a forma mais simples e fácil de inserir essa textura no ambiente, mas não é o único caminho. Há quem tenha um quarto todo branco e aposta nas mantas para aquecer, por exemplo. 

9) APOSTE NO FAÇA VOCÊ MESMO E TENHA UMA DECOR CHEIA DE AMOR

O faça você mesmo, além de tornar a decoração muitas vezes mais acessível, levam ao cômodo uma pegada única, mais original, já que raramente alguém terá um igual. Na "mesinha de cabeceira", você pode ver o cesto feito pela Iná, do blog Nosso Apê. Lá tem um tutorial de um cesto similar, e você pode conferir aqui.

10) DETALHES INUSITADOS CHAMAM A ATENÇÃO E FAZEM O CORAÇÃO SORRIR

Sério, quem não gosta de uma coisa diferente, que vai ser o ponto alto daquele ambiente? Reparem na luminária suspensa do quarto. Já viu uma igual? Eu não. Além dela provocar pelo encantamento pelo diferente, como tem folhas e flores, remete ao campo, à floresta, trazendo uma sensação de aconchego.


11) DESVIO DE FUNÇÃO MUITAS VEZES É BEM VINDO

Quem disse que a sua mesa de cabeceira precisa ser um criado mudo ou uma mesa lateral? Se tiver um baú dando sopa, porque não? Fora que se você estiver precisando de mais um lugarzinho para guardar coisas, pode ser uma mão na roda!


12) PLANTAS LEVAM MAIS VIDA AO AMBIENTE

Já contei aqui que meu pai dizia que casa de verdade tem que ter livros e plantas. E eu super concordo! Uma casa com verde tem tão mais vida! 
Se você é daqueles que não ousa por achar que não tem o dedo verde, busque espécies mais fáceis de cultivar, ou então ceda às artificiais (ou permanentes, como estão chamando agora), e faça pouco caso do preconceito contra essas últimas. Até porque, hoje em dia, já existem algumas versões que nâo tem muita cara de plástico.
Mas as plantas também podem vir nas estampas! Olhem só que lindos os quadros e as almofadas com as aquarelas da Diana Gondim


13) PINTURAS NÃO PRECISAM SER CERTINHAS. QUE TAL UMA DIAGONAL?

Pinturas na diagonal não são exatamente uma novidade na decoração, mas ainda não muito pouco experimentadas. O que é uma pena, porque o efeito é bacana, e pode quebrar a monotonia de qualquer ambiente. É uma maneira simples e relativamente barata de destacar a decor. 




14) BANHEIRO TAMBÉM PODE FUGIR DA MESMICE

Pobre do banheiro que é praticamente igual em todas as casas e ninguém liga pra ele na hora de decorar. Não sei de onde tiraram que ele deveria ser relegado a segundo plano, ou esquecido. Mas gente, banheiro faz parte da casa, e pede amor e carinho também, tadinho!
Você pode pintar meia parede, meia porta, ter uma bancada/armário que não foram feitos originalmente para isso... não importa. O lance é: lembre do seu banheiro. Ele vai ficar feliz de fugir de mesmice, acredite!



15) AS CORES NEUTRAS DO BANHEIRO PODEM SER QUEBRADAS COM UM CHÃO ESTAMPADO

Nem todo mundo gosta de um banheiro coloridão, e não há problema algum nisso. Eu mesma não sou muito fã de cores fortes no banheiro. Mas a monotonia pode - e deve - ser quebrada, até porque estamos falando de um ambiente que em geral é mais frio. Inserir elementos estampados ou com imitações de textura de madeira - ou mesmo, madeira de verdade com tratamento adequado - podem ajudar muito. Olhem esse piso DI-VI-NO! Quero pra mim!



16) NÃO SE ESQUEÇA DO CORREDOR, ELE TAMBÉM FAZ PARTE DA CASA

Aqui tem até um post só com dicas para decorar corredor. Assim como o banheiro, ele também fica super feliz quando você não o exclui. Afinal, todo mundo ama inclusão, não é mesmo? No apartamento Vi.vre, o pôster do argentino Fer, do Don Terrenal leva amor para o corredor. Se for para o site do Don Terrenal, não se assustem com os preços, estão em peso argentino, okay?



Ufa! O apê é tão maravilhoso que rendeu muitas dicas, né? Você aplica alguma dessas em casa? Agora conta pra mim: qual foi o seu cômodo preferido? Eu não consegui escolher! Amei tuuuudoooooo!

21 de março de 2017

Xeretando casas alheias : a cozinha da Flaviana

Fotos: Flaviana Rampini.


Esse post é para todos, mas principalmente para quem mora de aluguel e fala que não decora porque não tem apartamento próprio! Essa cozinha mostra que as suas possibilidades podem até serem mais limitadas que a daqueles que são proprietários dos imóveis onde moram, mas não quer dizer que não haja saída, que você não pode fazer nada! 

Ficou animado? Então vamos continuar!

A Flaviana é uma grande amiga minha que alugou esse apê lá por 2012. Como vocês podem ver, a cozinha é bem pequena e não tem armário embutido. Mas depois de deixar o quarto e a sala do jeito que ela queria (tem até um vídeo aqui sobre o quarto dela, e a sala... bem, essa fico devendo!), aos poucos, ela foi arrumando a cozinha.

Segundo a Fla, "o fato de me tornar vegetariana e gostar de comer saudável, me fez gostar mais de cozinhar. Com isso, deu vontade de tornar minha cozinha um espaço confortável e gostoso de trabalhar. A primeira decoração foi os adesivos e os vidros coloridos para trazer mais alegria. E depois, me veio a ideia do painel para tonar mais prático o uso dos temperinhos naturais."

Perceberam? Com dicas MUITO simples, ela deu um up na cozinha - infelizmente eu não tenho fotos do antes.



1) AZULEJOS ADESIVOS

Há várias lojas que vendem, é só procurar na internet. Em geral, marcas que vendem papel de parede autocolante ou revestimento autocolante costumam vender. E hoje em dia também tem os da Contact bem como os de tecido adesivo. E também tem a possibilidade de comprar contact com estampas diferentes e recortar no tamanho dos seus azulejos, como eu fiz para minha cozinha, no início do blog (para ver, clique aqui).
Esses da Fla eu não saberia informar de onde são, porque ela ganhou de uma amiga que se mudou. Sim, são reaproveitados! Fica a dica: sempre que der para reaproveitar algo, faça! ;) 

2) COPOS COLORIDOS

Esses são da Leader. Eu sei, porque eu ganhei de um amigo num aniversário, ela viu, perguntou de onde eram e correu para garantir os dela. Rsrs, coisas que acontecem num círculo de amigos que curtem casa! =)
Mas a dica que você pode aproveitar aqui é o cuidado com os itens que estão à mostra. Não precisa ser copos coloridos, se essa não for a sua pegada. Mas o legal é ter coisas que agradem ao seu olhar, que te façam feliz. Podem ser canecas fofas, copos mais finos, ou até mesmo, vidrinhos transparentes para colocar os temperos, se você tiver outro lugar para os copos. Treine o seu olhar para esses detalhes.



3) PAINEL DE ÍMÃS

Uma casa precisa ser , antes de tudo, funcional. Porque é isso que vai facilitar a sua vida, fazer a casa trabalhar para você, e consequentemente, te ajudar a usufruir o seu tempo no seu lar doce lar.  Por isso, quando for decorar um ambiente, avalie sempre as suas necessidades e no que você está precisando. 
No caso, a Fla tem muitos temperos, e eles estavam ocupando um espaço precioso sobre a bancada, já que a cozinha é bem pequena. A solução aqui foi subir pelas paredes, e o painel permitiu isso. Os recipientes com os temperos possuem ímãs; já os ganchinhos contam com adesivos. 


Dá vontade de sair correndo e comprar essas embalagens e subir com os temperos, não? Para quem tem geladeira na cozinha, essa ideia também super funciona nas geladeiras. 

15 de março de 2016

Projetinho de 5 minutos: como decorar sua geladeira com fita isolante


Geladeira é uma coisa que a gente não encontra muita variedade estética no mercado. Ou é branca, prata, ou mais raramente, preta. Há também a opção de capas para geladeira, que tem até uns temas bem divertidos, para todos os gostos. Mas e se eu te falar que você pode decorar a sua com sei lá... 2, 3 reais?
Acha que eu bebi horrores e tô viajando? Então te desafio a procurar por fita isolante nas lojas da sua cidade, verificar o preço, e é claro, dar o play e assistir ao vídeo! =P


 


Fácil, fácil, né? Como eu escutava quando criança: mais mole que sopa de minhoca! Argh, eu sei que é nojento, mas cá entre nós, é ou não é? 
Você pode fazer de forma assimétrica, como eu fiz, de forma mais intuitiva, sem calcular muito. Ou fazer linhas retas, ou até mesmo, bolar desenhos, porque não?




Alguém aqui tem geladeira decorada também? Se tiver instagram, mostre a sua pra gente com a #casadeamados . Me ajude a inspirar, a provar para o mundo que não precisamos de muito dinheiro para decorar a casa, só de amor e boa vontade!

8 de maio de 2015

De geladeira a sapateira e porta-bijuterias

Ultimamente não tenho olhado muito meu feed de notícias do facebook. Tenho preferido fazer isso no instagram que eu particularmente acho bem mais inspirador. Mas ainda acho o facebook bastante útil para acompanhar páginas, grupos, e até seguir algumas pessoas que costumam ter postagens interessantes. Uma dessas pessoas é a Camila, dona de uma geladeira quebrada, que na casa da grande maioria iria para o lixo. Porém, a Camila não é a grande maioria. Pra quê comprar uma sapateira nova se ela tinha uma geladeira dando sopa? 

Quando eu digo que contact faz milagres, é porque faz milagres! Ó só:


Segundo a Camila, ela não tem técnica e ficou mal cortado e mal colado. Mas ao invés de esperar a técnica chegar, coisa que dificilmente aconteceria, já que ela não tem tempo de praticar, foi lá e colocou a mão na massa mesmo assim. Eu acho que ela tem mais técnica do que pensa que tem! =)

Fica a lição:


Nesse projeto da Camila, eu achei duas coisas bem interessantes:

1) A FUGA DO ÓBVIO - FORMAS GEOMÉTRICAS NA GELADEIRA

Geladeira encapada com contact não é novidade no mundo da decoração. Mas em geral, as pessoas forram de uma cor só, como se fosse uma pintura. Formas geométricas eu também já vi, mas da mesma família (quadrado, retângulo) e todas da mesma cor. A Camila misturou cores, formas, tudo. E transformou a geladeira num móvel diferente de tudo que já vi!

2) MULTIFUNCIONALIDADE

Um móvel novo a custo zero já é muito bom. Se esse mesmo móvel servir para duas coisas, é melhor ainda. A antiga geladeira assumiu também a função de porta -bijuterias.
Mas se você acha que a genialidade desse projeto para por aqui, você está muito enganado! Os ganchos que sustentam os colares são restos de fios elétricos encapados que sobraram de uma obra! Sim, meu queixo também está caído, porque eu nunca pensaria nisso. Segundo a Camila, esses fios são bem fortes, e ela também usa na cozinha para pendurar panelas. Vivendo e aprendendo! =D


Camila: Muito obrigada por compartilhar sua obra e suas dicas com a gente!

E vocês, já repaginaram geladeira? Como? Com tinta, contact? Conte pra gente!

24 de abril de 2015

Uma casa, 4 dicas: cozinha da Débora (Avó Queria)




Okay, esse post devia se chamar "uma cozinha, 4 dicas", mas bora manter a tradição, hehe. Bem, eu tenho o hábito, de salvar links de casas e cômodos que acho interessantes e têm dicas boas para extrairmos, para depois fazer um post como esse ou um daqueles de antes e depois. Em geral, eu tento intercalar casas gringas com casas brasileiras. Já tinha me programado para trazer esse mês a cozinha da Débora, do Abelha Design, que foi publicada no A Casa que a minha Vó queria.
Essa é uma cozinha super estilosa, e o mais legal: não é difícil ter uma assim. Vamos às dicas?


1) PINTE OS AZULEJOS

Não tem dinheiro ou disposição para encarar um quebra-quebra? Vá de tinta: é simples, barato e indolor. Hoje em dia já existe até tinta para azulejo à base de água, que foi a que usei na minha lavanderia. Para quem ainda não viu, clique aqui.
Não gosta de amarelo vibrante? Sem problemas, pode pintar da cor de sua escolha. O lance é você perceber que não precisa amaldiçoar para sempre os seus azulejos velhos, que não tem nada a ver com você.




2) NÃO TEM PORTA? VÁ DE CORTINA!

Você também não precisa ficar com vergonha das visitas se precisar de uma porta num lugar e não pode colocar uma, seja lá por que motivo for. O que não falta na internet são diversos tutoriais de cortinas, e também há a possibilidade de pedir para uma costureira fazer. E nos armarinhos, o que não falta são opções de tecido e estampa para todos os gostos. Achar alguma coisa que seja a sua cara não será um problema.




3) APOSTE NUMA PAREDE LOUSA

Sim, eu sei que está na moda, que já pode ter virado clichê para alguns. Olha, eu tenho visto muito em revista e em blogs, mas na casa das pessoas, ao vivo, eu não tenho visto muito não. Mas e daí? Para quem curte, é uma maneira simples e barata de dar uma bossa ao ambiente. E ainda permite pequenas alterações a seu bel-prazer. Tá afim de frases? Escreva. No dia seguinte cansou e quer desenho? Só apagar e começar a desenhar. Quer coisa mais simples e prática que isso?




4) INVISTA NOS ACESSÓRIOS

Eu sempre bato nessa tecla. E vou continuar batendo. Tem muito, mas muito acessório barato por aí, mas que faz uma senhora diferença no ambiente! Cozinha também é lugar de enfeite, porque não? 
Essa cozinha seria a mesma sem os acessórios? A parede pode ser linda, os revestimentos podem ser lindos, mas tudo fica ainda melhor quando tem a cereja do bolo, né não?



*No post original tem mais fotos, e tem as fotos do antes. Vale a pena vocês espiarem, porque olha, que diferença! Clicando aqui, você será redirecionado ao referido post.


E você, segue alguma dessas dicas? Eu sigo a 1, 2 e 4. =)

14 de outubro de 2014

Tour pelo apê

Demorô, mais saiu!!! Finalmente, o tour pelo apê já está no ar!

Ao contrário da maioria dos vídeos de tour, esse é bem curto, tem um pouco mais de 5 minutos, e eu não fico dando muitas explicações. Isso se dá pelo fato de que eu prefiro vídeos não muito longos no Youtube, gosto de ser o mais dinâmica possível. Mas vocês podem ficar à vontade para perguntar coisas sobre o apê, sobre algum cômodo, móvel, objeto de decoração.

Sejam bem vindos à minha casa! Agora é só dar o play!




Espero que tenham gostado! 

15 de julho de 2014

Dica simples: como deixar seu fogão mais seguro

O post de hoje foge um pouco ao habitual daqui do blog. O assunto que geralmente abordo aqui é decoração e faça-você-mesmo, como vocês sabem. Não deixa de ser um DIY o que vou mostrar agora, mas é um assunto mais de casa, no sentido de utilidade doméstica.
Na semana passada, eu tive um problema de vazamento de gás aqui no apê. Era de manhã cedo, quando senti o cheiro, mas estava bem fraquinho ainda. Passei sabão no aquecedor e na mangueira do fogão e não fez bolha. Pensei que o cheiro vinha da rua, como já aconteceu outra vez e fui trabalhar. Mais tarde, o porteiro me dá um toque no celular. Juro que as cores devem ter sumido da minha face: Deu zebra - foi a primeira coisa que eu pensei.
Como aqui o gás é de rua, o porteiro já tinha desligado, e quando eu pedi para alguém ligar, ele disse que eu não precisava vir correndo, que assim que eu chegasse do trabalho veríamos por onde estaria vazando o gás.
No final das contas, não tinha nenhum problema com o aquecedor, nem com a mangueira do fogão, por isso que não fez bolha. Uma das bocas estava ligada. O estranho é que eu não tinha usado o fogão naquela manhã nem no dia anterior, tanto que a tampa estava abaixada. A única hipótese que me ocorre é a de eu ter esbarrado sem querer, e ter girado o botão. Foi então que prestei atenção numa coisa:

- O tracinho que sinaliza a temperatura é da mesma cor que o fundo, o que não favorece a visualização. Se tivesse contraste, talvez eu notasse que a boca estava ligada, pela manhã.

Para evitar outros sustos como esse (claro que agora estou bem mais atenta, mas se eu puder facilitar, porque não?), resolvi pintar o tal tracinho. Para isso bastou usar aquela caneta de escrever em CD, sabe?



Mais de perto:



Agora, se tiver alguma coisa errada, eu vejo de longe!

19 de maio de 2014

Não tem armário? Se joga nas cortinas.

A maioria das pessoas tem armário, eu sei. Mas se você for do time que não tem ou não quer um, esse post é para você!
E não, você não leu errado: você pode não querer ter um armário. Tem gente que não tem porque mora de aluguel e fica com receio das medidas não baterem com a do próximo imóvel; gente que tem um armário velho cujas portas tombaram, mas a estrutura ainda está boa; tem gente que acabou de comprar um apê e gastou todas as economias na entrada e no financiamento, que não sobrou pra quase nada. E tem gente que não tem simplesmente por uma questão de estilo.
Tem uma fotógrafa que estudou comigo na pós e tem um apê suuuuper charmoso, num estilo quase escandinavo, e ela tem cortina na bancada da cozinha ao invés de armário. Me questiono se a cozinha dela - que é a nossa preferida quando fazemos encontros de turma - teria a mesma graça se não fosse a cortininha.
Se você estiver com medo de se jogar nas cortininhas, por elas não serem tão comuns nos dias de hoje, dá só uma espiada nas imagens abaixo e lá embaixo a gente volta a conversar!












E aí, gente? Concordam comigo que dá para decorar com amor usando cortininhas?
Alguém tem ou teria uma dessas em casa?

Imagens daqui.

25 de fevereiro de 2014

Inspiração: luminárias de teto

Como muitos de vocês sabem, eu faço ginástica artística. Não para competir, é só uma forma de fazer exercício e me divertir. Mas que acabou se tornando uma grande paixão. O engraçado é que eu comecei já adulta, com 22 anos, mas acho que não sei mais viver sem.
Recentemente, percebi que estava cada vez mais difícil treinar: meu pé doía e eu saía do ginásio quase mancando. Procurei um médico e descobri que estou com fascite plantar. Tomei antiinflamatório por 5 dias e comecei a fazer fisioterapia. Não parei de treinar esses dias, parei só as acrobacias e tudo que envolve impacto. Tem outros exercícios que dá para eu fazer, como barras, fortalecimento de braço e abdômen, ponte. Mas como o que eu gosto mesmo é de pular, fazer mortais, eu estou fazendo tudo bonitinho, indo para a fisio duas vezes por semana.
Essa historinha toda é só para dizer que no caminho para a clínica tem uma loja de lustres e luminárias. Daí, me deu vontade de pesquisar inspirações de luminárias de teto (estou usando o termo teto, porque nem todas são pendentes). Confesso que eu não pensei muito quando comprei a minha. Na época, eu meio que comprei correndo, porque queria aproveitar que o pedreiro viria pintar a casa e fazer uns pequenos reparos que foram necessários e pedir para ele instalar para mim. Eu sabia que queria uma pendente neutra, mas não cheguei a pesquisar modelos (uma vergonha, eu sei). Até que deu certo, eu gosto bastante da minha, mas não recomendo que você faça a mesma coisa, o risco de se arrepender é grande, a menos que você bata o olho e se apaixone, o que não foi o meu caso.

Tem modelos mais clássicos, mais clean, ao estilo faça-você-mesmo. Inspire-se:

















E aí, qual te agrada mais? Eu gosto de praticamente todas! =)


Imagens: Casa Chaucha e Pinterest (1,2,3,4,5)

11 de dezembro de 2013

Quem tem pouca verba pode ter uma cozinha legal?

Eu sou fã de carteirinha do blog argentino Casa Chaucha. E não é porque tenho uma paixão inexplicável por esse país. Mas porque a Maria Tórtora sempre mostra casas de verdade. O que eu chamo de casas de verdade? Aqueles ambientes que não foram projetados para serem capas de revista, decorados pelos moradores, de acordo com seus gostos e com o que estava ao seu alcance. É muito comum vermos ambientes com um certo ar de improvisação, porém sem perder o charme e a personalidade. Acho que é um blog que desmistifica muito o conceito que muitos têm do que é uma casa decorada.

Depois que postei a cozinha de boneca da Sany, me dei conta que já fiz um post sobre como ter um quarto e uma sala de jantar com pouca grana, e que agora poderia ser a vez da cozinha. Todas as inspirações abaixo vieram do Casa Chaucha. Repare que algumas já tinham mobiliário planejado, outras se viraram nos 30... vou comentando aos poucos.

Acho tão retrô a combinação de vermelho com azul claro. Se quiser obter um efeito parecido, pode apelar para o nosso velho conhecido contact nos armários e fazer pastilhas. Note que aí houve preocupação com os mimos.



Quer dar uma graça aos azulejos brancos? Espalhe alguns adesivos fofos. E nem precisa ser em grande quantidade.
Quadrinho e prateleira com mimos também são uma mão na roda.
Viu os caixotes de feira embaixo do aparador?



A madeira dos móveis puxa muito para o amarelo? Que tal investir nos contrastes, pintando a parede de vermelho e a geladeira de preto? O bom da tinta é que é um trocinho que não custa muito.
Aqui também tem quadros perto da geladeira, notou?


Lustre feito com escorredor de macarrão e armário de louça. Mais simples, impossível!


Se a base for neutra, se jogue nos acessórios coloridos. Prateleira é barato; garrafas, você pode pintar; os quadros, você pode fazer...
Latas e temperos que você usa no dia a dia podem fazer bonito na sua cozinha. Assim como as colheres de pau expostas. 



Gostaria de ter alguns azulejos coloridos? De novo: contact ou vinil adesivo resolvem a sua vida!


Tudo bem que essa geladeira vermelha não é para qualquer um, mas... cá para nós essa cozinha não passa simplicidade e charme? Os quadros são simples, fáceis de serem feitos, o frango pendurado na geladeira dá um ar divertido, o tecido étnico sobre a mesa traz aconchego. E os cacarecos em cima da pia anunciam que ai mora alguém!



Já no ambiente abaixo, a geladeira é bem antiga e nem por isso compromete a graça da decor... parede verde, pratinhos decorativos, passarinhos e porcos pendurados, bandeirinhas


Ela ela aí de novo: a tinta louça no armário. Não sei do que é feita essa luminária, mas me parece ser algo tipo fruteira ou bowl.


Não tem armário com gavetas? Latas e canecas podem acolher seus talheres com amor.


Repare nos mimos... só nos mimos. Pode não parecer, mas objetos decorativos fazem uma senhora diferença!


Imagens: Casa Chaucha


E aí, consegui te convencer a decorar sua cozinha com pouca verba?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...